segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Avesso da cena: Ricardo Montalban volta a andar

 Lendário ator Ricardo Montalban estava desde 1993 numa cadeira de rodas quando voltou a “andar” em Pequenos Espiões 3-D: Game Over (Spy Kids 3-D: Game Over, 2003 de Robert Rodriguez). O filme de ação infantil foi o último de sua carreira, iniciada em 1942.

O diretor Robert Rodriguez lembra que ele (que morreria em 2009) sentia muita dor e implorava para que começassem a gravar logo. Interpretando sempre com “o semblante suave, Montalban foi o verdadeiro herói do filme”.

Tiveram dúvidas em como o ator de 84 anos se comportaria ao trabalhar com o fundo verde do chroma-key, sem cenários e outros atores, mas ele havia sido Khan em Jornada nas Estrelas II - A Ira de Khan (Star Trek: The Wrath of Khan, 1982 de Nicholas Meyer). Embora na tela aparecessem juntos, Montalban não chegou a trabalhar com William Shatner, tendo filmado suas cenas antes num fundo branco.

Além dos efeitos especiais, ele sempre teve muita força de vontade. Latin lover da era de ouro de Hollywood, Montalban participou de alguns musicais dançando muito bem com estrelas como Esther Williams sem que o público jamais soubesse que tinha uma perna menor que a outra, segundo a jornalista Dulce Damasceno de Britto.

Pequenos Espiões 3-D: Game Over teve efeitos inovadores para a época, 13 anos é uma eternidade em termos de tecnologia. Mas também merece destaque o personagem do vovô em si.

Geralmente em produções hollywoodianas de ação o idoso é mostrado como o destrutivo mal humorado, o vilão. Aqui ele vira robô gigante e luta ao lado dos garotos, não contra eles, dentro de um videogame.

Veja também:
Pessoas que não estavam lá

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails