segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

O brasileiro que dirigiu Hitchcock

É com evidente ponta de orgulho que o cinegrafista Orlando Moreira relembra que já dirigiu o cineasta Alfred Hitchcock. Moreira é um dos funcionários mais antigos da TV Globo.

No documentário O Reencontro (2015), onde jornalistas da emissora contam suas impressões pessoais sobre a trajetória na emissora carioca, ele cita quando em 1976 esteve no Universal Studios para filmar o Mestre do Suspense. A matéria para o Fantástico celebrava os 50 anos da carreira do diretor.

O repórter Hélio Costa exigiu que seu câmera fosse o brasileiro, o que fez com que a Globo pagasse ao sindicato local para conseguirem a permissão. Na hora de filmar ele deu as instruções: “Mister Hitchcock, eu quero que você entre por essa sala, segue aí atrás da sua mesma e fale: good evening”.
E assim foi! Apenas este trecho da matéria que foi ao ar em 11 de julho de 1977 pode ser conferido no Globoplay clicando aqui.

Não há notícias de outro brasileiro a fazer nada parecido. Naquele ano Hitchcock lançaria seu último filme, Trama Macabra (Family Plot), o que pode explicar sua boa vontade com a equipe sul americana.

Sabemos que Eva Wilma, a Vivinha, chegou a  participar de teste com o próprio Hitch para o papel de Juanita em de Topázio (Topz, 1969). O personagem de latina acabou ficando com a germânica Karin Dor.

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails