sábado, 15 de agosto de 2015

Liz Taylor é alvo de Kate Perry e Kim Kardashian

 Quase ao mesmo tempo (para veículos diferentes) Kate Perry e Kim Kardashian resolveram relembrar Elizabeth Taylor. A lendária atriz virou a bola da vez na moda!

A Harpers Bazaar transformou a cantora em Liz, mas não na Liz em si, e sim na tela feita por Andy Wahrol em 1963. Ela e outras celebridades participaram do ensaio Icons, que a revista publica todo mês de setembro com famosos representando personagens reais ou não.

Tem até Mariah Carey de Maria Antonieta... Cá pra nós, lembra o que o nosso TV Fama também faz. Mas com melhores condições financeiras, né não?

Perry justificou sua escolha dizendo que "Um ícone transcende o tempo. Liz era tão fabulosa e decadente e tinha um estilo que evoluiu com os anos... e eu tenho certeza que eu também casarei o mesmo número de vezes!".  Assim seja.


Já a participante de The Keeping Up With The Kardashians foi pegar inspiração no filme Cleópatra (Cleopatra, 1963 de Joseph L. Mankiewicz) para a Violet Grey. As fotos são as primeiras de uma série que a famosa maquiadora Pat McGrath pretende fazer reinventando paradigmas de glamour da velha Hollywood com novos rostos.

A Violet Grey se aproximou de McGrath e Kardashian já tendo em mente uma fotografia de Elizabeth Taylor também do início dos anos 60 tal e qual a Bazaar. Na imagem do fotógrafo Bert Stern para a Vogue Liz aparecia aparece atual, com o rosto caracterizado como no polêmico filme que estrelava.

O nome da página (Cinza Violeta na tradução) é justamente pela cor dos olhos da atriz, cujo espírito, dizem, está no DNA da publicação. "A maquiagem de Elizabeth Taylor em Cleópatra foi recriada inúmeras vezes, mas para Kim eu queria criar uma interpretação que nunca foi feita antes, uma versão 3D futurista", explica McGrath.

Por que Kardashian? Segundo os editores por ser a mulher mais escrutinada dos nossos tempos como Elizabeth Taylor foi no dela, o que é discutível já que Taylor não teve “o tempo dela” assim tão fácil de ser definido, visto que desde criança foi um signo nas telas e capas de revista, não apenas num período curto.

Kardashian declarou que ama Elizabeth Taylor e que conversou com a McGrath sobre a força icônica dela, mas que teria confiado no ponto de vista da maquiadora qualquer coisa que por porventura tenha sido, “mas eu estava realmente animado que a vibe era Cleópatra ". Ela já havia personificado Cleópatra para um editorial da Bazaar em fevereiro de 2011 considerado por muitos como blasfêmia.

A mesma edição trouxe ainda um bate-papo de Liz Taylor com a estrela de reality. Ela morreria um mês depois, sendo esta sua última entrevista.

1 comentários:

npr disse...

Que marca é aquela no pescoço de Taylor?
Engraçado... novos rostos tentam o mesmo, mas o magnetismo continua com quem realmente o possuiu!

Related Posts with Thumbnails