quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

O futuro ao pulp pertence


Revista de ficção científica de 1954 faz um prospecto das dramáticas proporções físicas que acometeriam homens em relação às mulheres até 2060. A arte é atribuída ao artista pulp Robert Swanson.

 Sci-fi sempre desenvolvendo os principais medos da humanidade naquele momento, no caso, a soberania feminina. Ainda faltaria um pouco para que movimentos feministas mudassem a sociedade, mas as coisas já caminhavam pra isso aquela altura.

 E Marilyn Monroe estava no auge do sucesso em 1954. Emplacava cerca de dois grandes sucessos por ano, sendo o nome mais quente das telas, estampado capas de quase todas as revistas, inclusive havia estado na novíssima Playboy.

É claro que seu corpo seria a referência para essa mulher fabulosa que ficaria muito maior que o homem no decorrer das décadas. Não sei qual a média de altura, mas em 2015, pra quem não é modelo, seu 1,67cm de altura ainda é uma altura bem comum para garotas.

4 comentários:

Olga de Mello disse...

A vida anda tão corrida que perdeu a graça. Voltar aqui é um bálsamo!!!
Hei de retomar o hábito!!!

Henrique disse...

Uma cintura fina e marcada não é mais algo almejado pelas mulheres, mas sim uma barriga de tanquinho, particularmente eu prefiro uma "gorda" Ellen Roche do que uma Graciane Barbosa.

Nayara disse...

Olá Miguel, ainda leio seu blog. Pensei que vc iria fazer um post em memória dos 25 anos da morte da Greta Garbo. Beijos

Anônimo disse...

Sentindo falta das atualizações...

Related Posts with Thumbnails