quarta-feira, 25 de junho de 2014

Julia Mattos entre vampiros e cowboys

Num mercado quase dominado por publicações infantis, a revista Audax foi uma tentativa da Editora Abril de alcançar leitores jovens adultos de quadrinhos em 1978. Terror, faroeste, ficção científica, aventura e romance audaciosamente conforme o título sugere.

Quinzenal, cada edição continha histórias de artistas diferentes e mesmo com boas intenções não durou mais do que onze números. A partir da edição 8 as gostosas a nanquim foram trocadas por celebridades do momento.

Estreando essa nova fase da capa, Sonia Braga como Julia Mattos de Dancin’ Days, embora essa foto não pareça ter qualquer relação com sua personagem da novela. Mas Julia estava na crista da onda, pra usar uma expressão da época, e ela poderia alavancar as vendas.

Vai de encontro ao depoimento da atriz Gloria Pires ao Viva, agora que o canal reprisa a história de Gilberto Braga. Ela, que aos 15 anos interpretou Marisa, recorda que foi a primeira novela que todas as pessoas assumiam assistir.

Embora o tema fosse comum apenas a revistas com fofocas de astros da TV, pela capa da Audax, até os leitores de quadrinhos violentos e fantasiosos se interessaram por Dancin’ Days. Tinha acabado definitivamente ali a desculpa de que “estava passando pelo quarto da empregada e vi qualquer coisinha a respeito na TV dela”.

As imagens são um oferecimento Morto Vivo 3

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails