sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Inflação, segundo a ditadura militar, era uma vadia a ser combatida!

Assista no player abaixo (ou clicando aqui) a uma belíssima animação financiada pelo Governo Federal do Brasil em 1966. Belíssima e rara como qualquer animação feita antigamente no país, o filme tem forte estética 60's e chega a flertar com o terror.

A produção é do extinto Instituto Nacional de Cinema Educativo (INCE), fundado em 1936 na Era Vargas. De lá saíram alguns curtas como este, que proporcionavam a artistas locais trabalhar com a dispendiosa técnica da animação, embora promovendo políticas duvidosas.

“A Inflação” é dirigido por Jorge Bastos, cartunista da histórica revista Tico-Tico, um nome hoje quase esquecido. Conforme dados da Cinemateca Brasileira, o filme foi feito por encomenda do governo e posteriormente modificado à revelia do autor.

Outro nome envolvido e agora pouco lembrado é o da atriz e cantora Nelly Martins (grafado nos créditos como Nely), dona da voz sexy da inflação. Apareceu em alguns filmes populares e chegou a participar de novelas nos primórdios da TV Tupi.

Ela abandonou a carreira artística em 1966 ao se casar com o Maestro Radamés Gnatalli e se dedicar a estudar medicina. A locução para esta obra pedagógica estatal é um dos últimos trabalhos como atriz.

O maior destaque entre os participantes fica por conta do maestro Rogério Duprat, responsável pela trilha sonora, função que havia abraçado a partir de filmes como Noite Vazia (1964 de Walter Hugo Khouri). Mais tarde, Duprat, um dos idealizadores da Tropicália, se manifestaria contra o regime político vigente.

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails