sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Ed Wood na pré-história

Se alguém se sentir ultrajado com a qualidade de One Million AC / DC (1969 de Ed De Priest) o azar é seu. Da capinha do DVD da Something Weird ao trailer, tudo cheira a um dos orçamentos mais miseráveis que um filme já recebeu.

A parte melhor, o roteiro foi escrito por Akdon Telmig, pseudônimo de Ed Wood Jr! “Akdon Telmig” seria o contrário de Vodka Gimlet (Nos créditos o “V” foi trocado por “N”), um drink popular na década de 40/50 com gim (Não dá pra tentar entender a vodka aí, num pseudônimo de você sabe quem, né?).

Ed Wood foi um tipo de Howard Hawks com menos condições. Dirigiu ou roteirizou todos os tipos de gêneros imagináveis, bastando que eles estivessem na moda, rendendo dinheiro.

E nos anos 60 existiram muitos explotation transcorridos nos tempos das cavernas a partir de Mil Séculos Antes de Cristo (One Million Years B.C., 1966 de Don Chaffey) sucesso da Hammer Films estrelado por Raquel Welch. Ainda eram uma boa desculpa para poupar em cenários e as mulheres andarem quase sem roupa.

No caso de “One Million AC / DC”, entre um trapinho de pele aqui e outro ali, conquistados no lixo de algum curtume, elas dispensaram qualquer roupa na maior parte do tempo. Custo mínimo até em figurino!

O roteiro é tão incrível que há até um pornógrafo rupestre! Duas garotas se esfregam seminuas enquanto um dos primitivos registra o que vê nas paredes da caverna...

Enquanto lá fora um gorila (ou um homem vestido de gorila) sequestra as mais belas selvagens dando sopa, dentro da caverna é uma orgia sem fim de luxuria e gula. E entre uma pelada e outra ainda rola alguma violência entre os representantes do sexo masculino.

Naquela época morria-se muito, ou disputando as mulheres ou na boca de um dinossauro. OS DINOSSAUROS é um capítulo à parte!!!

Veja no player abaixo (ou clicando) os mais incríveis dinossauros já filmados! Uma dos grandes momentos da Sétima Arte (Os invejosos dirão que são bonequinhos de borracha de R$ 1,99)


Não se trata de um cameo do Rex de Toy Story. Perto destes efeitos especiais quem pode discutir a impossibilidade de humanos e dinossauros contracenarem?

Veja também:
Pôster e trailer versus a verdade
Ed Wood: pai do nu frontal no cinema americano?
Necromania: O Ed Wood desaparecido
Alguém aí disse rabo?

2 comentários:

carlosm42 disse...

A meu Deus, eu não consigo parar de rir, O Ed Wood só podia estar envolvido nessa.

Muito bom, não sabia que ele tinha sido o roteirista, e também nem sabia da existência dessa pérola trash, valeu por essa, vou procurar e ver se consigo baixar.

Miguel Andrade disse...

Carlos, das coisas que contando ninguém acredita! Haha!

Related Posts with Thumbnails