terça-feira, 6 de agosto de 2013

Oportunidade: Assista Ed Wood no cinema!

Objetos voadores do espaço sideral serão avistados na Praça da Sé, em São Paulo! De 16 a 30 de agosto acontece na Caixa Cultural a mostra Ed Wood - O Melhor dos Piores de Todos os Tempos.

A entrada é gratuita, restrita a 50 lugares por sessão. Serão exibidos o filme de Tim Burton de 1994, o documentário Look Back in Angora (1994 de Ted Newsom), além dos dirigidos por Ed Wood como Glen our Glenda (1953), Jail Bait (1954) Bride of Monster (1955), Plan 9 From Outer Space (1959), Night of the Ghouls (1959) e o menos lembrado The Sinister Urge (1960).

Ponto positivo incluírem filmes que Wood apenas roteirizou como The Violent Years (1956 de William Morgan) sobre gangue juvenil feminina e o desbunde total Orgy of the Dead (1965 de Stephen C. Apostolof). Neste último em cores, casal preso num cemitério por criaturas diabólicas é os obrigado a assistir um ininterrupto desfile de stripers do além.

Como a cinebiografia de Burton já tem quase 20 anos, quando a fama de pior diretor do mundo ganhou proporções internacionais, deve haver toda uma geração que nunca ouviu falar em Ed Wood. Além disso, a concorrência pelo título de “pior diretor de todos os tempos” agora é acirrada.

Os veteranos ficam na torcida para que a mostra tenha uma segunda parte com a fase posterior de Ed Wood. Período em que ele aderiu ao sexplotation, às vezes misturando terror com erotismo como fez em 'Necromania': A Tale of Weird Love (1971) sob o pseudônimo Don Miller.

Com os filmes mais manjados, ainda é a oportunidade de ver em tela grande amados astros duvidosos do porte de Tor Johnson, Vampira e Reverendo Criswell, o que já não é pouca coisa. Programação completa, com dias e horários você confere clicando aqui.

Veja também:
Ed Wood: pai do nu frontal no cinema americano?
Necromania: O Ed Wood desaparecido
A inacreditável Orgy of the Dead
Muito mais sobre Ed Wood


[Ouvindo: Chuvas de Verão – Caetano Veloso]

4 comentários:

Daniel Tavernaro disse...

Reação tardia, Miguel!

Lhe desejar mais 11 anos de blog (ok, não é nessa postagem, rsrs), dizer que há uns 10 dias que tive um sonho em que você participou (!!! - mas não me lembro o que foi) e que agora BH está tendo uns dias de dignidade: Tudo sobre Hitchcook (filmes, o programa, entrevistas e tals) num museu e tudo sobre Vincet Price em outro - e é impossível não lembrar do blog ao vê-los!

E seu aniversário foi dia 10 passado; depois que vi algum comentário seu sobre, mas nestes dias corridos que tenho vivido, só tenho entrado pelo smartphone - que nem é tão smart, porque não me avisa dos aniversariantes do dia.

Saúde, amor, fé e grana!

E uma sucessão de Aspic nestes dias de alegria (imagine vários gramas de confete sendo jogados enquanto lê isso daqui)!

Miguel Andrade disse...

Daniel, muito obrigado. Você não poderia faltar! :D

Será que é a mesma mostra chique do AH que teve em SP? Não perca!

E a do Vincent? Realmente espantado que alguém faça uma mostra dele no Brasil. Nem tudo anda tão ruim enfim.

Muito obrigado novamente por tudo. Sempre!

Daniel Tavernaro disse...

Que isso Miguel, você merece muito sucesso, de fato.

Aqui o link do Sesc MG para a amostra:

http://www.sescmg.com.br/index.php/noticias/107-noticias/noticias-sesc-palladium/2399-cine-sesc-palladium-apresenta-mostra-vincent-price-o-mestre-do-macabro

E o do Hitchcock:

http://fcs.mg.gov.br/programacao/mostra-hitchcock-e-o-cinema/

Miguel Andrade disse...

Daniel, mas que luxo tá BH!

Related Posts with Thumbnails