quinta-feira, 25 de julho de 2013

Vincent Price novamente assustando em todo esplendor tridimensional

É devagar (devagarinho?) que um dos meus sonhos mais antigos se concretiza. Ao invés de converterem ao 3D filmes recentes, que nunca foram 3D, que voltem a circular os que originalmente foram produzidos no formato.

O Museu de Cera (House of Wax, 1953 de André De Toth) será lançado em Blu-Ray já em outubro nos EUA do jeito que nunca foi exibido em 60 anos! Primeiro filme de um grande estúdio a investir na tecnologia, firmou Vincent Price no posto de grande vilão.

Em 2010 publiquei um post aqui sobre The Mad Magician (1954, John Brahm), outro filme do ator em 3D, onde aproveitei para sonhar com um DVD de O Museu de Cera tridimensional. Relembre ou leia clicando aqui.

 Afinal era um bom presságio Disque M Para Matar (Dial M For Murder, 1954 de Alfred Hitchcock) restaurado em 3D em 2012. Essa versão até então raríssima já foi até exibido nos cinemas de São Paulo este ano.

Se o processo de restauro de Museu de Cera for rentável, já podemos imaginar outros, como por exemplo, O Monstro da Lagoa Negra (Creature from the Black Lagoon, 1954 de Jack Arnold). Sonhar custa nada, é?

Filmes 3D antigos, destes anaglíficos, são mais dispendiosos para serem restaurados por envolverem vários negativos que acabam exigindo mais tempo. Então, resta esperar outubro chegar e torcer para as vendas serem boas.

Outra boa notícia pelo anunciado nas pré-vendas é que além de novos extras incluíram Os Crimes do Museu (Mystery of the Wax Museum, 1933 de Michael Curtiz). Esta primeira versão da Warner para a história, rodado num arcaico sistema de Techincolor, estava presente no DVD.

E sempre que comento aqui sobre clássicos 50’s em 3D surge alguém comentando que não se importa para 3D. Não se trata de gostar ou não de 3D, desse tom caça níquéis que o formato ganhou agora.

Estes filmes foram pensados, produzidos e fotografados sendo 3D, então, gostando ou não, é a oportunidade de assistirmos a como eles devem ter sido. Imagina que triste se só houvesse disponível cópias de Casablaca colorizadas por computador?

Veja também:
Saiba mais sobre O Museu de Cera de 1953
Disque M Para Matar regressa ao formato original


0 comentários:

Related Posts with Thumbnails