terça-feira, 6 de novembro de 2012

Miopia burlesca

Palmas para a notável Vickie Lynn! A melhor coisa de Teaserama (1955 de Irving Klaw).

 Segunda melhor coisa, porque o filme é protagonizado por Tempest Storm (imagem ao lado), ciceroneada por Bettie Page. Storm é aquela única pinup 50’ s ainda (!!!) em atividade profissional, lembra?

 Voltando à senhorita Lynn, assim que ela entra em cena, saracoteando, a gente logo pensa: “Olha, uma trava!”. Daí ela tira o longo vermelho de veludo, fica só de odalisca e no final nos brinda com a surpresinha! “Não tem quem diga!”.

Ingênuo e involuntariamente engraçado, Teaserama tem a vantagem histórica de ter registrado performances burlescas em cores. Números vão se sucedendo (comediantes sem graça, stripers, bailarinas) e é só isso.

Acho que se não conseguissem cinema pra distribuir, bastava picar e vender em cópias 8mm. Aliás, é justamente assim, fragmentado que encontramos ele espalhado pela web.

Em domínio público, pode ser baixado graciosamente (de forma legal) no Internet Archive. Muito bom pra deixar rolando na tela em festas.

Veja também:
Rainhas do striptease em ação
Strippers são como diamantes…
A voluptuosa Bettie Page
R.I.P. Bettie Page (12/12/08)


[Ouvindo: Tender Passion – Hino=Kikuchi Quintet]

4 comentários:

Glauco disse...

Ótima dica para animar festinhas, Miguel!

Miguel Andrade disse...

Glauco, festinha e convescotes.

Leticia disse...

Em primeiro lugar a moda dos anos 80, em segundo a coisa mais horrorosa essas franjinhas modeladas a carvão. Tem fotos das minhas tias mais velhas com isso aí, que coisa mais feia!

Miguel Andrade disse...

Letícia, ontem mesmo vi uma ~consultora de moda~ na TV com franjinha similar. Senhora de certa idade bastante deprimente...

Related Posts with Thumbnails