sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Bond girls ao gosto do censor: Versões do mesmo pôster

Público dos Estados Unidos, por consecutivo de todo planeta, já que os filmes são distribuídos geralmente a partir de lá, devia achar que James Bond era um cara com mais pudor. Na primeira imagem de 007 Contra a Chantagem Atômica (Thunderball, 1965 de Terence Young) está a versão EUA, na segunda a da Inglaterra.

As artes de Robert McGinnis foram alteradas para cada mercado O mais bizarro é que são diferenças mínimas, que apenas uma mente menos sadia iria reclamar.

Como americanos se amarram em peitos grandes, deram uma disfarçada no biquíni dela para ficar menos voluptuoso. Só pra estragar prazeres, né?

Ainda há a atenuação do umbigo. Já comentei aqui antes de quando umbigos eram considerados indecentes, releia clicando aqui.

Na Espanha, segundo o blog Illustrated007 as mudanças foram mais significativas. Repare nas imagens abaixo:

Vestiram a mocinha da esquerda com um vestido de dançar rumba ou qualquer coisa do tipo. Pior destino teve aquela de quatro ali no fundo, que foi limada sem dó!

As seguintes são de Com 007 Só Se Vive Duas Vezes (You Only Live Twice, 1967 de Lewis Gilbert). Não mudaram nada no tamanho das vestimentas, mas repare bem!

Mudaram o detalhe da garota ali embaixo, com a mão embaixo d’água. Braço recuou para os yankees e as borbulhas da água em volta dele sumiram.

Detalhe tão detalhe que, volto a dizer, só alguém de cabeça poluída mandaria alterar essa safadezinha. Pra mim, que sou um rapaz puro, é coisa à toa mesmo!

Veja também
Bond proibidão


[Ouvindo: Spoon – Cibo Matto]

6 comentários:

DAVI VALLERIO disse...

Sempre achei o clima,as musicas,os posters do 007 melhores que os filmes.Acho que só mesmo Goldfinger me divertiu.

Refer disse...

As diferenças, alterações nos posters são mais estéticas do que motivadas por "censura". Não Havia nada para censurar nos filmes de James Bond, muito menos nos posters.

Alexandre disse...

não tava mais comentando aqui porque achava que tu tinha desistido do blog, que bom que retornou! abraço.


ps: e esses "concertos" eram feito tudo na mão mesmo? rs

Miguel Andrade disse...

Davi, dois! Os filmes sempre me aflige os planos dos vilões. Sempre acho que não vou entender.

Refer, não! As salas exibidoras nos EUA eram bem diferentes das europeias. Não dava pra colocar qualquer poster na porta do cinema.

Alexandre, posteres eram pintados por artistas. Foi assim até pouco tempo.

Daniel Tavernaro disse...

Miguel, mas será? Eu sempre notei essa parada de posters; mas acho que tem mais a ver com relação aos colecionadores, de fazer pequenas modificações para ficar diferente esteticamente em cada país. Ainda hoje temos isso; mas com o avanço da computação gráfica, pode-se fazer um layout totalmente diferente.

Creio não ser muito censura porque naquela imagem em que o 007 está com um arpão nas mãos, ele está mostrando "certo" voluminho.... Coisa impensável na época. Mulher até que poderia ter sua nudez disfarçada; homem, não.

Miguel Andrade disse...

Daniel, naquela época não! E se fosse por motivos estéticos, ÓBVIO que nas artes dos EUA os peitos estariam mais salientes.

Related Posts with Thumbnails