terça-feira, 14 de agosto de 2012

A fantástica fábrica de esposas

Faça você mesmo a sua incrível esposa, futura dona de casa. E de baby doll e tudo!

Essa capa da Fantastic Science Fiction é de 1957. A busca pela mulher idealizada, sob medida, é dos sonhos mais antigos no imaginário masculino.

Kelly LeBrock foi uma das belezuras também criada prela ciência em Mulher Nota Mil (Weird Science, 1985 de John Hughes). Invariavelmente é o tipo de invento que sempre sai melhor do que a encomenda.

A imagem é um oferecimento PopKulture

[Ouvindo: Tanguedia II – Astor Piazzolla]

6 comentários:

Alexsander disse...

Miguel, adicionei seu msn, pq como vc já deve ter percebido, saí do facebook. Adicionei o msn q tem lá no cinemorama. :P

DAVI VALLERIO disse...

WEIRD SCIENCE!AMO A MUSICA TEMA.MAS ESSA CAPA ME LEMBROU MAIS AQUELE FILME REFILMAGEM COM A GLEN CLOSE,A BETTY MIDLER E A KIDMAN.MULHERES PERFEITAS,ALGO ASSIM

Daniel Tavernaro disse...

Miguel, caso você não volte a fazer postagens diárias, vou raquear a senha e vou postar coisas sobre as Spice Girls aqui viu?

Todos os dias.

Afinal, o que você faz de meia-noite às seis? (Aprendi com meu professor da faculdade)

Bom.... É isso, rs.

Leticia disse...

Nos anos 50 ainda dava pra ter esposas perfeitas sem máquina nenhuma. Nos 60 ensaiou-se um levante feminino, mas a mulherada parece que não aguentou a barra. Hoje pode-se encontra uma esposa perfeita a cada esquina, ela fará tudo o que o cumpanheiro quiser, sem máquina nem nada.

Miguel Andrade disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Miguel Andrade disse...

Alexsander, pior que nem uso MSN faz muito tempo.

Davi, que filme é esse? Nunca ouvi falar... (acho)

Daniel, hahaha! Pode deixar!

Letícia, inclusive se anular em prol da perfeição.

Related Posts with Thumbnails