sexta-feira, 4 de maio de 2012

Sórdido mundo do amanhã/hoje

O mundo do amanhã não será muito diferente do inferno, nas garras da ameaça soviética. Isso para algum espertalhão de 1947.

Ainda há quem acredite nisso. Pior, ainda não inventaram modo melhor de angariar a atenção popular do que impingir temores.

O que menos nos falta é quem venda medo. Visto, por exemplo, o jornalismo da TV Record (aka Bispo TV) que se dedica a mostrar durante o dia as moléstias sociais, certamente para ofertar a cura nas madrugadas.

Outra! A cada notinha de jornal anunciando que o Fantástico teve a pior audiência desde sei lá quando pode apostar que as chamadas do programa na próxima semana anunciarão matérias ensinando como se proteger de roubos em lugares públicos.

Ao contrário daquelas tiazinhas que andam paranoicas pela rua, agarradas na bolsa como se suas vidas estivessem ali, desconfio que nunca vivemos num tempo tão pacífico quanto agora. Mas a paz não dá audiência, arrebata fiéis, gera votos, enfim, não faz soar o tilintar das moedinhas.

A capa é um oferecimento X-Ray Delta One

[Ouvindo: Everybody Loves Somebody – Dean Martin]

12 comentários:

Leticia disse...

O aquecimento global, meu bem! O lixo que cometemos o crime de gerar. As sacolinhas plásticas e a postura extremamente errada de passar o sinal verde quando um pedestre moloide já colocou o pezinho no asfalto. Ééééé...

Miguel Andrade disse...

Letícia, bem lembrado! Estava pensando que havia uma diferença, pq antes ameaçam com resultados futuros e hoje com o presente.

Estava esquecendo da culpa com fins ecológicos que tentam nos impingir!

Alexandre disse...

Miguel, eu amo o cara imobilizando o padre hahahaha e isso foi em 47 né? começinho da guerra fria.

Miguel Andrade disse...

Alexandre, sim! Pra gente saber que nem os padres são confiáveis.... Ei! era 1947.

Alexandre disse...

Miguel, sempre que vou na casa da minhaa vó ela tá vendo esses programas do bispo, eles vão passando sistematicamente uma tragédia atrás da outra e eu fico lembrando do Andy Warhol dizendo que quando se vê fotos violentas uma atrás da outra elas vão deixando de surtir "efeito" gradativamente...de tragédia inesperada se transforma em rotina naturalizada.

Miguel Andrade disse...

Alexandre, certamente. E pessoas como sua avó acabam achando que aquilo é a vida.

Daniel Tavernaro disse...

Gente, cheguei tarde de novo?

O legal é minha avó, uma paulista nata, que me liga cá em BH, às 14h30, em meu celular, para perguntar se eu me protejo dos tóchicos (o "ch" é porque ela fala com som de "x" mesmo), porque ela viu no programa do Datena que os jovens estão drogados.

Isso quando ela não pergunta sobre bebidas, cigarros, baladas....

Ela tem 80 anos e lê muito jornal, revista e assiste TV - e a realidade dela é aquela, rs. Ela é meio alienada para a vida real, então, acredita que o mundo é aquilo retratado nos meios de comunicação. Chega a ser tão cômico que eu nem ligo mais.

Quando houveram deslizamentos aqui em BH - e foram para a capa da Folha de SP - ela me ligou desesperada, perguntando onde eu moro, rs.

Se eu beber uma taça de vinho perto dela, está ok. Se duas, sou alcoólatra e ela já começa a reclamar e ficar preocupada.


Bom, fico pensando nas pessoas que não tem tanto estudo, ou que não tem acesso a outras formas de ver e ler sobre os fatos... Me encabula em quão alienada deve ser a população da Coréia do Norte, por exemplo. Fico curioso em saber o que se passa em suas cabeças, ou como reagiriam ao conhecer o mundo "aqui fora" (e digo além das fronteiras físicas).

Miguel Andrade disse...

Daniel, imagino eu quantas pessoas como sua avó devem existir. Minha mãe mesmo é dessas.

Daniel Tavernaro disse...

Agora com as fotos "vazadas" da Dieckmann, até a Námaria está ensinando a ter segurança e cuidados com lapitopi, tablets e smartifones.

Não, não mereço isso gente. Ela se descuida, sai tirando foto do ego e agora a culpa é da insegurança?

Hahahahahaahahah!

Miguel Andrade disse...

Daniel, mas ela tem direito a posar pelada pro marido.

Mas muito me irrita gente paranoica com segurança até digital. rs

Refer disse...

Ah, não! Não tem direito porranenhuma. Posar PARA O MARIDO é muita falta de imaginação.

Miguel Andrade disse...

Refer, uai, falta de imaginação ou não, cada um faz o que quer da vida.

Related Posts with Thumbnails