quarta-feira, 9 de maio de 2012

Pausa para nossos comerciais

Old Gold Cigarettes

Mas quanto glamour azul turquesa! Tome reparo aos dentes das bonitas nem estão branquinhos como se espera numa campanha publicitária de algo que amarela os dentes.

Outra coisinha notável é o poodle de cor... CINZA! Um exemplo de fumante passivo, coitado!

Passivo numas. Minha barba fica amarelinha igual à dele se eu a deixar por muito grande.

Dá quase pra jurar que alguém da agência tentou sabotar o cliente, que não teve tempo pra aprovar a peça... Pelo menos é a mais autêntica propaganda de cigarro já vista.

A imagem é um oferecimento Sally e Delstein

[Ouvindo: 春よ、 来い – Matsutoya Yumi]

5 comentários:

Daniel Tavernaro disse...

Mas acho que seja máquina descalibrada essa parada dos tons de branco, Miguel. É notável pela diferença entre os tons de "amarelo" nos maços.

Fui procurar na web w aqui parece que são fotos "de verdade", sem erros de cor:

http://www.flickr.com/photos/47607517@N04/6289491080/

Assim, creio que o poodle seja beeem mais claro, também pode-se ver que ele tem mais elementos em tons de ciano que tudo - culp do fundo da propaganda e da máquina, rs.

Também some a isso o fato de o papel, com o tempo ficar amarelado - mas desconsidere se este arquivo digitalizado há tempos, rsrr

Daniel Tavernaro disse...

Gente, acho que escrevi o comentário acima bêbado, rs. Favor colocar letras (até palavras, rs), trocar algumas e acrescentar vírgula no último parágrafo!

Miguel Andrade disse...

Daniel, mesmo assim, é curioso, pô!

O risco que se corria com a propaganda numa época em que o impresso era pouco confiável.

Leticia disse...

O que são pequenos detalhes de cor para quem fuma um cigarro sem filtro?

Miguel Andrade disse...

Letícia, hahaha verdade! Sem filtro!!! 0_o

Related Posts with Thumbnails