terça-feira, 24 de abril de 2012

Sal canta. NÃO!

Aqueles antigos hábitos da indústria fonográfica: Qualquer moça bonitinha ou qualquer galãzinho gravava disco. Com apelo adolescente (aka público de gosto cru) era venda certa.

 De olho nas tietes adolescentes que Sal Mineo arriscou soltar o lado cantor romântico. Ouça Start Movin' de 1957 no player abaixo ou clicando aqui.

Por quê, meu Deus? Uma vozinha anasalada beirando o insuportável, embora a musiqueta seja graciosa.
 Pelo quanto ele é conhecido nessa área, creio que nem as meninotas caíram nessa. Ainda bem.

  A capa é um oferecimento Thriftheaven

13 comentários:

Leticia disse...

Que olharzinho sapeca, hein?

Miguel Andrade disse...

Letícia, e a música? Consigo imaginar ele rebolando enquanto cantava! haha

Bardot disse...

G-zuis! Alguém cala a boca da bee? kkkkkkkkk
Realmente nada demais.. e eh bem verdade isso..naquela época qualquer pífio gravava LP. Sal Mineo nunca me chamou atenção. Desde Juventude Transviada q acho o dito cujo insuportável...

Miguel Andrade disse...

Bardot, eu também nunca vi graça nele.

Ah, mas até a chegada da pirataria ainda era assim. Coisa mais fácil povo usar a fama pra virar cantor.

Daniel Tavernaro disse...

A cara de "Acabei de comer a melhor margarina (50's, lógico) das galáxias!" é a melhor. Olhadinha pra câmera, sorriso e só falta passar a língua nos lábios.


Ok, é duplo sentido, porque os diretores sabiam de sua desenvoltura.

Jefferson Clayton Vendrame disse...

Acabei de conhecer seu Blog, o achei muito interessante e já estou seguindo.
Estarei passando sempre por aqui,

Grande abraço.

Refer disse...

Vcs são engraçados... (I)
Vivem numa época em que Roberto Justos canta e grava, idem idem João Gordo, Mallu Magalhães, a Xuxa, além dessa caipirada horrorosa..., e vêm falar 'daquela época em que qq um gravava'? Ora...

Vcs são engraçados... (II)
Miram um astro do cinema e não conseguem ver o carisma, a simpatia, o talento, só veem que ele é gay? Ora...

Sal Mineo tem um repertório que eu gosto muito. Teve 2 hits aqui, 'Make Believe Baby' e 'Blue-Eyed Baby'; Sonia Delfino gravou a versão de 'Make Believe Baby' ('Diga Que Me Ama').
Gosto demais de 'Secret Doorway', que é o tema de Giant com letra.
Sou fã do cara e acho vcs um bando de 'homofóbicos' enrustidos.

Daniel Tavernaro disse...

Ah, Refer, eu nem disse da música para não me chamarem de velho chato, mas vamos admitir que não é lá tão legal né...

Ah, mas a cara de mooOOOooving da foto não tem como não dizer né?

Miguel Andrade disse...

Jefferson, legal! Volte sempre. :)

Refer, mas esses gravam agora e nem balançam a franja. É diferente.

Imagino se BBB fosse na década de 90, por exemplo, o quanto de cantores e cantoras sairiam dali.

Não disse em momento algum nada sobre a sexualidade dele. Mas era espevitado, lá isso era.

Daniel, é bem isso. Ele não tem voz nenhuma perto de outros da época.

Gravou pq era ~gatinho e as minas delira~.

malu disse...

Ele e o Tab Hunter eram os bonitinhos da época e gostavam de cantar. O Tab continua vivo, gay assumido e o Sal foi assassinado, coitado!

Miguel Andrade disse...

Malu, no caso do Hunter, nem tinha como esconder. Rolou até foto dele com a boca na botija... rs

Daniel Tavernaro disse...

Ah, Miguel, agora fiquei curioso com a botija. O Google não ajudou! Eta, vou ter que rodar a web.....

Miguel Andrade disse...

Daniel, mandei uma mensagem marota pra você no FB!

Related Posts with Thumbnails