segunda-feira, 16 de abril de 2012

R.I.P. Adriano Stuart

Faleceu ontem (15) o ator e diretor Adriano Stuart. Um dos maiores artistas populares do Brasil, estava com 65 anos e sofreu parada cardiorrespiratória.

Com o rosto pouco conhecido do grande público, ele comandou sucessos como Os Trapalhões, grupo que dirigiu no cinema e na TV Globo. Mas sua carreira ia bem além disso.

Bastante lembrado nestes tempos de Internet pelas versões debochadas de grandes sucessos hollywoodianos. É dele Bacalhau (1975) versão brasileirinha do Spielberguiano Tubarão (Jaws, 1975) e Kung Fu Contra as Bonecas (1975) conhecido em blogs gringos como Brazilian Bruce Lee.

O último filme que dirigiu foi Fofão e A Nave Sem Rumo de 1988, uma das poucas ficções científicas rodadas aqui. Stuart também foi o responsável pelo personagem de Orival Pessini quando este foi para a TV Bandeirantes, agora Band.

Como ator na TV, segundo o IMDB, seu trabalho derradeiro foi na minissérie JK em 2006. No cinema, se despediu em 2008, completando o que Jece Valadão deixou em A Encarnação do Demônio, produção mais recente com Zé do Caixão de José Mojica Marins.

8 comentários:

Sergio de Oliveira disse...

Sentirei a falta do Adriano, fomos amigos e parceiros. A parceria acabou, mas nossa amizade nunca vai acabar. Adeus meu amigo. Sergio de Oliveira, ator.

Miguel Andrade disse...

Sergio, cabe a nós que seus trabalhos continuem sempre lembrados.

Força aí!

Refer disse...

Gostei muito dele em 'Boleiros'. Ele era o quê do Walter Stuart?

Glauco disse...

Coincidentemente na última sexta revi o filme do Fofão...

elemesmo disse...

"Bruce Lee Vs. Gay Power" está na íntegra no You Tube http://www.youtube.com/watch?v=wGOLw1f8LOQ

O Adriano Stuart está a cara do Dee Dee Ramone nesse filme

Miguel Andrade disse...

Refer, era filho do Walter Stuart.

Olha, assisti Boleiros com uma má vontade que é difícil destacar algo ali. Uma decepção do Ugo Giorgetti, que aliás, insistiu nisso.

Glauco, to com o filme do fofão na agulha pra ver mas ainda não consegui tempo.

Elemesmo, não sabia que estava lá. Valeu!

Refer disse...

Meu pai conhecia Walter Stuart de alguma quebrada; ele me apresentou o cara durante um torneio de futebol de várzea. Eu tinha uns 10 anos..., vai ver eu conheci Adriano Stuart na mesma ocasião e não me lembro.

Miguel Andrade disse...

Refer, provavelmente. Vocês deviam ter a mesma idade até.

Related Posts with Thumbnails