segunda-feira, 9 de abril de 2012

Pausa para nossos comerciais

Não se esqueça de usar Cilion e os homens jamais esquecerão seus olhos

Melhor que Santo Antônio! Cilion promete um marido em coisa de dois meses.

E não um casório qualquer, mas um conto de fadas hollywoodiano! Você ficará tão linda que seu olhar obrigará o moço a ama-la.

Tive que ler esse anúncio com atenção pra entender o milagre. Ah sim, escurece, curva e dá brilho a cílios e sobrancelhas, além de impedir a formação de caspa e terçóis...

[Ouvindo: After You've Gone – Alvino Rey]

36 comentários:

Alexandre disse...

Prefira o tubo grande, rende mais.

Miguel Andrade disse...

Alexandre, é! Pra arrumar mais ómi!

Nessa frase eles botam tudo a perder. Pra quê usar o tubo grande se um marido só já basta?

Alexandre disse...

Miguel, Mas a mulher precisa manter os olhos pra manter o marido (que se casou com uma mulher e com seus dois olhos)

Miguel Andrade disse...

Alexandre, ah, não! Depois ela nem vai ter tempo de usar Cilion.

Do tanque pro fogão, do fogão pro tanque. Dando uma passadinha de roupa em alguns dias.

Alexandre disse...

Miguel, o tubo grande é tão inútil quanto se casar com um homem que gostou dos teus olhos rs

Miguel Andrade disse...

Alexandre, Ó tempora, ó mores!

Mas se for pra falar a verdade ninguém comprará Cilion!

Alexandre disse...

Miguel, tem um produto que fábricavam no passado que tu amava e hoje não existe mais? diga que sim pra eu me sentir menos estranho.

Miguel Andrade disse...

Alexandre, não me lembro agora de nada não... Pior que não mesmo.

Alexandre disse...

Miguel, vou lhe matar! hahaha eu lembro principalmente de comida...mas só de comida-porcaria tipo doce e tal

Miguel Andrade disse...

Alexandre, sinto falta de quase nada. Deve ter alguma coisa, mas nada essencial ao ponto de me lembrar agora.

Alexandre disse...

Miguel, Nós temos uma mania de fazer uma construção nostálgica do passado...as vezes eu faço mas depois percebo que é pura mistificação.

Miguel Andrade disse...

Alexandre, eu não! Me divirto com o passado, mas sou bem acordado com as merdas que haviam no passado.

Alexandre disse...

Miguel, eu também! mas eu me refiro ao passado pessoal de cada um (mesmo nesse passado pessoal eu também percebo que havia muita merda)

Miguel Andrade disse...

Alexandra, não! No máximo eu queria ter feito umas cagadas a menos.

Refer disse...

Ivan Lessa ou o Ziraldo uma vez escreveu no Pasquim 'A Horta da Luzia', uma coleção de lembranças nostálgicas de coisas e costumes que deixaram de existir; todo mundo foi na onda, ninguém deixou de fazer sua lista.

Na minha 'Horta da Luzia' tem: cinema de bairro, picolé de café da Kibon, menina de calça 'toureiro' e cabelo 'taradinho', sapato 'maria-mole' bem raso, pgm de boleros no rádio depois da meia-noite, garota-propaganda na TV, gibis de faroeste, televizinho, famílias inteiras brincando na rua no domingo à tarde, samba teleco-teco, futebol de várzea, pirulito Pelota, drops Dulcora, papel de arroz pra fazer aviãozinho, a lanchonete das Lojas Americanas, Bolão,Reco-Reco e Azeitona, lasca de ouro nos dentes da frente, rádio Spika, O Cruzeiro, o Parque Xangai, elepê de 10", Guaraná Caçula e Soda Champanhe.

Alexandre disse...

Refer, é interessante essas coisas porque tudo o que tu sente saudade já foi a atualidade de alguém (e esse alguém tinha saudade de algo mais antigo)

Miguel Andrade disse...

Refer e Alexandre, mais fácil eu fazer lista do que não tenho saudade: VHS, disquete, cartas... Ser criança sem dinheiro...

Refer disse...

...bonde Saúde-São Judas, charge de Miéccio Café, A Gazeta Esportiva Ilustrada, chiclete Ping-Pong c/figurinha do Popeye...

Miguel, falta-lhe um je ne se quois de romantismo e generosidade para perceber o quanto certas reminiscências aliviam a saudade desesperada que sinto de mim mesmo.

Vc me lembra um samba-canção de Custódio Mesquita, que termina assim: "mas vc francamente, decididamente, não tem coração".

Miguel Andrade disse...

Refer, tenho coração (acho)... Mas vivo pra tentar escapar das pegadinhas do cérebro.

Geralmente só servem pra trazer melancolia.

Daniel Tavernaro disse...

Cheguei tarde nos comentários, hahah!

Preciso urgente de uns 3 tubos, tem como? Preciso de achar (ou acharem-me, rs), manter e sei lá mais o que, rsrsr!

Refer! Picolé de café da Kibon?? Como assim gente? Nunca ouvi falar! O "televizinho", se for o que minha mãe falava, sei das histórias... Ela não tinha TV, então...

Famílias nas ruas, no domingo a tarde, vi demais! Morei um tempinho no interior de MG, e acho que é comum até hoje, rsrsr!

Engraçado que não sinto falta ou me lembre de algo que não exista mais, assim, de prontidão. Algo que faça falta ou que sirva de recordação, sei lá.

Recentemente fiquei chateado quando descobri que o Trident sabor "Freshmint" não era mais comercializado - e eu era quase que viciado nele, rs. E tem um perfume Calvin Klein também que senti muita falta, mas nada que seja maior que a recordação do fato em si.

Miguel, não tenho saudade de CD's, rs. Nenhuma. VHS também não. E não tenho saudades de TV's pesadas de tubo!

Refer disse...

Chegou tarde nada, Daniel. Quando vc chega é que a festa começa.

Tenho provas testemunhais de que esse fantástico picolé existiu por uns 2 ou 3 anos. Hoje mesmo tomei sorvete de creme misturado com café solúvel bem forte para lembrar desse inesqueCível sabor da infância.

TV de tubo não dá saudade, mas sinto falta dos rádios valvulados, de baquelite, com 2 únicos botões e que esquentava barbaramente. Tinham um cheiro específico e um charme, também.

Leticia disse...

Posso chegar? Cheguei.

Bem, eu sou "saudosita" sempre do tempo anterior a mim. Coisas do meu tempo não me atraem, sinceramente, e as evoco só se for pra desfazer mitos instalados hoje.

Uma coisa do meu tempo CERTEZA que pode ser jogada na lata do lixo é o Neutrox. Um creme condicionador, e posso sentir o cheiro daquele mocotó agora. Tinha o Neutrox normal e o de praia, um cor-de-rosa Madureira. Como se houvesse diferença...

E TODO MUNDO usava. Não tinha dessas de diferença de classe, não.

Outra coisa que lembro agora é um plano de marketing muito bem sucedido de um perfume chamado Charlie. Final dos anos 70. Aquilo era HORRÍVEL. As pessoas tomavam banho com aquela porcaria.

Mas tem muito mais coisa, viu?

Leticia disse...

Ah, sobre o rímel: esse aí devia ser uma graxa, uma bororoca, e hoje seria processado por prometer evitar conjuntivite, e tal.

Pelo contrário. Esse aí, por ser um tubo, devia vir com uma escovinha, tipo uma escova de dentes em miniatura. Imagina o excesso que ficava nos poros dos cílios...

Miguel Andrade disse...

Daniel, verdade! TVs de tubo não deixaram saudade nenhuma.

Nada do que foi substituído por algo melhor deixou.

Refer, mas picolé de café ou de massa deve ter por aí em SP. Já tomei um porre bonzinho aí no centrão quando era meninote.

Só com sorvete de vinho de uma sorveteria que nem deve existir mais.

Letícia, esse Neutrox rosa também lembro. Tinha uma sereia no tubo.

Mas que tristeza era Neutrox. Pior que acho que ainda existe.

E aquele Salada de Fruta? Todo colorido. Morria de vontade de comer.

Viu, mas vc lembra que já coloquei aqui um anúncio de Charlie com uma das panteras nele?

Daniel Tavernaro disse...

Tive que correr aqui, rs!

Arrumando umas coisas aqui em casa, jogando fora umas coisas velhas, descubro uma série de revistas "Delícia", que, por incrível que pareça, não tem menção ao ano de publicação. Tem super cara de década de 80.... Mas o que pude notar é que as fotos tem um tom tão escuro (ou obscuro, sabe-se lá, rsrsr) e que o bicho-papão das dietas para perder peso "nos dias de hoje" é o açúcar (hahahahaha!!)

Ah,cada edição custa Cr$50 e os telefones de contato, tanto do RJ como o de SP, são de 7 números.

Vou dar uma conferida nas outras - mas já de ver as receitas, me embrulhou o estômago, rs. Deve ser aquela mesma coleção já citada aqui, do tal rocambole de gelatina, que me faz ter pesadelos até hoje, rsrsrs."Couve-flor com salsicha", "Bolo de Espinafre" e "Cebolas e Passas ao Molho de Tomate" tem fotos assim, meio que feias pakas e, sei lá, mas os ingredientes citados nos nomes meio que não combinam né......... pelo menos em 2012, rsrsr.


Miguel, vi que a Rita Lee disse, na Época, que é uma velha fofinha. Posso não ter saudade dela já??

Daniel Tavernaro disse...

Gente, vou ter que escanear algumas fotos, porque isso não é de Deus, só pode. Nem vou perguntar sobre editor de arte ou coisa parecida, mas o bom-senso não existia não? E o legal é cada foto com umas coisas horripilantes e tida como "foto fina", hahaha!

Leticia disse...

Olha, da sereia não lembro. Lembro que era um tubinho, dose única, pra usar na praia.

Sobre o salada de frutas, tb. lembro. Outra bororoca.

Daniel, tô rindo aqui co os engulhos do rocambole de gelatina.

E mais ou menos a mesma sensação dessas fotos que voê está mencionando.

Miguel Andrade disse...

Daniel, o terror dos livros e revistas de culinária 80's. Os da década de 50 e 60 pelo menos tinham ilustrações kitsch, não fotos assustadoras.

Mostra umas aí pra gente! Delícia não tinha relação com a margarina?

Letícia, o Neutrox praia era lilás. E o original tinha um concorrente com uma nome japonês que agora não lembro.

Daniel Tavernaro disse...

Vou fazer as cópias amanhã. Meu scanner é agora aquele "all-in-one", e a revista não passa pelo rolos que tem no "buraco onde se faz as cópias", rs. No trampo, oscenner é daqueles tradicionais. Posto Aqui. Mas ainda está uma briga sem fim pelo Top 3 das mais enjoantes, rs. Acho que a coleção aqui está completa!!

Miguel Andrade disse...

Daniel, e as fotos ocupam a página toda? WOW!

Daniel Tavernaro disse...

Caros, aqui estou eu com as fotos. Miguel, acho que posso enviá-las a você por email, caso queira postar, sei lá.

Vale lembrar que aqui temos uma receita muito gostosa e tida como sofisticada: o "Rocambole em Gelatina", que eu só não fiz coraçõeszinhos na página e coloquei "para a Leticia com carinho" não sei porque, hahaha!

Mas vamos lá: salvei no MediaFire, para, quem quiser baixar, está ok. Acho que lá dá para somente visualizar também.

Fiz cópias e já respondo: não fiz alteração alguma nas imagens. Nem ajuste de cores e tons, nem luminosidade, nem contraste. Pra ser sincero, acho que a luz do scanner as deixou mais vibrantes, porque são opaquinhas, rs.

Miguel, sim, elas ocupam ou a página inteira, ou página dupla!!

O Bolo de Amêndoas e Mel eu nem preciso dizer o que parece né? E os ensopados, olha... além de não ter ingredientes que se pareçam combinar, tem fotos pavorosas. O de pimentões, então, é um convite a achar que aquilo é sopa para canibais, hahaha!

O Aspic de Frango, além de ser de gelatina (ai Jesus...), demonstra que eles não tinham uma boa sacada de inglês, rs.

Envio a capa também que, não sei não, mas a revista não deve ser da margarina (pelo menos não lembra do tipo do nome ser assim como está na capa da revista. E nem citam a marca quando falam manteiga ou margarina.)

O que sei é que, juntando tudo, vira um livrão grosso, de receitas variadas.

Link para as imagens:

http://www.mediafire.com/?p9nsv8xulwj9q

Miguel Andrade disse...

Daniel, valeu! Vou ficar sem dormir uma semana por causa disso.

Vou salvar do mediafire mesmo. Muito agradecido.

Daniel Tavernaro disse...

Não queria dizer, mas tem uma que nem é estranha, é feia e nojenta mesmo. Parece uma sopa de pedações de miolos, juro. Como são várias revistas, acabei me confundindo com uma; mas chegando em casa, fotografo e subo.

Pelo tipo da revista, não perecia ser uma coisa qualquer - tem receitas que utilizam caviar, camarões e lagostas, além de filé mignon, por exemplo.

Agora, as fotos... E depois ainda falam do acesso que as câmeras digitais deram ao povo, rsrs!!

Leticia, adicionei alguém que creio ser você no Facebooqueson!

Miguel Andrade disse...

Daniel, mas mesmo na época, eu sacava que essas comidas eram estranhas. As receitas tentavam inventar a roda pra sair da comidinha corriqueira.

A Letícia no FB não tem foto e está entre meus contatos.

Leticia disse...

Miguel, Yamasterol e sua gracinha Yamá...

Daniel, eu vi e comentei! Nem tinha visto seu comentário aqui, a semana foi complicada.

Nem imaginei que havia certa intenção de dedicar as iguarias pra mim, muito obrigada!

Miguel Andrade disse...

Letícia, Yamasterol!!!! Hahahah!!!

Que parecia aquele creme que recheia sonhos. Posso sentir o cheiro daquilo ainda.

Related Posts with Thumbnails