quinta-feira, 1 de março de 2012

Cinema Verite e a invenção dos reality shows

O tão massacrado gênero “reality” quem diria, começou com as melhores intenções. Em 1973 a emissora educativa norte- americana PBS exibiu An American Family, 12 episódios que pretendiam mostrar uma típica família americana em seu cotidiano.

De boas intenções você sabe o que está cheio, né? Os Loud se viu no olho de um furacão quando ficou conhecida em todo país não como a mais cristã das famílias, retratadas com todo o sensacionalismo que acha-se merecedor quem se expõe.

Lance, o filho mais velho, acabou revelando sua homossexualidade durante o programa, o que o torna o primeiro “personagem” abertamente gay da TV yankee. O sacro casamento também acabou desfeito diante das câmeras.

Mamãe descobriu dezenas de infidelidade do papai e pôs dramaticamente fim ao casamento de duas décadas. Seguiu criando sozinha os cinco filhos.

Nada nunca foi tão simples ou claro no universo dos reality show desde o seu florescer. Em 2011 a HBO produziu o filme Cinema Verite (de David Seltzer ) reproduzindo os bastidores da polêmica série.

Indicado a três Golden Globes e a sete Emmys, é sobretudo uma curiosidade (as vezes cansativa) para se conhecer os primórdios do gênero. Manipular os personagens reais pode ser também a primeira compreendida pela TV que se aventura na realidade.

A segunda deve ser que o telespectador em geral é adepto ao "Me engana que eu gosto". O fato de estar sendo documentado por uma lente já impinge tons de verdade que lhes basta.

Não fica claro, ou o roteiro não faz juízo, sobre as concretas intenções do produtor com a família. Ele se afeiçoou e por isso deu com a língua nos dentes sobre as traições do marido ou foi só para apimentar o programa?

Infelizmente é mostrado apenas até a exibição do programa, sobrando pouco tempo para a repercussão. A partir daí pode ser um período manjado por todos dos EUA, mas não para o resto do mundo.

Como o programa 70’s é raro no Brasil, vale a visita a esta página, onde podemos assistir online bons trechos dos episódios. E claro, comparar com a brilhante reconstituição de época que a HBO produziu.

2 comentários:

elemesmo disse...

O filme da HBO já tá disponível (em DVD ou em Torrent)?

Miguel Andrade disse...

elemesmo, encontrei por aqui mesmo.

Related Posts with Thumbnails