quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Pôster e trailer versus a verdade

Tudo o que a gente lida muito nessa vida acaba adquirindo alguns macetes. Com cinema não seria diferente.

Raramente (entenda bem: RARAMENTE) caio em um truque de marketing tosco, sem falsa modéstia. Pelo contrário, vejo um trailer e já penso no que estão querendo me esconder.

Se as partes boas são aquilo, pense nas ruins... Poster idem! Embora com poster sozinho seja mais difícil, as coisas mudam de figura conhecendo ele mais o trailer.

Tomemos como exemplo Goliath and the Dragon, aka La vendetta di Ercole (1962 de Vittorio Cottafavi). Olha primeiro o cartaz abaixo:

Hum... Épico italiano sandália-espada, rodado na Cinecitá, protagonizado por um beefcake (Mark Forest) americano 50’s...

Como o título americano indica e vemos na imagem em destaque, rola um dragão, o principal atrativo da película. Monstro gigante em filme antigo deve ser stop-motion... Bacana!

Agora, assista ao trailer da Weird (distribuidora especializada em filmes B) no player abaixo ou clicando aqui.


Viu? Sentiu todo o drama? O Dragão, a sainha do moço coisa e tal?

Morri de cruzar com o DVD desse filme, que utiliza inclusive a mesma arte do poster na capa. Se eu soubesse que era assim, com dragãozinho de deixar o finado Joãozinho Trinta orgulhoso, teria trazido pra casa faz tempo.

Antes não achava que era ruim, apenas não me dava urgência em querer possuir. Esse me enganou direitinho!

4 comentários:

Moacir disse...

Adorei a sainha do "moço"! E o dragão é espetacular!! Hahahaha!! Gostei também da maquiagem da mocinha e do penteado dela. Nota dez! :-))))

Miguel Andrade disse...

Moacir, e a cena em si é espetacular também! Preciso assistir a isso.

Leticia disse...

O clímax, pra mim, foi quando ele arrancou o olho do dragão. Joaosinho Trinta puro!

Miguel Andrade disse...

Letícia, SUPER! E espero que o máximo do filme não seja apenas estes poucos minutos.

Related Posts with Thumbnails