terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Mitos, exageros e mentirinhas de ontem

Um dos textos publicados pela revista Set em 1993 com curiosidades sobre todas as cerimônias do Oscar, que chegava à 64ª. Exemplo de lenda que se contou por décadas...

Até chegarmos aos tempos atuais com You Tube e extras de DVDs para revelarem o que de fato aconteceu. A noite de quatro de abril de 1960 está bem documentada no material bônus de Ben– Hur (1959 de William Wyler).

A notinha da revista não mente, só dá destaque a algo imperceptível, ou de relevância ínfima. Charlton Heston, super nervoso deu uma rápida tropicada na escada, se apoiando no palco.

Qualquer bípede que ande está sujeito “a quase cair”, não há nada demais. Várias outras pessoas, principalmente mulheres de salto e longo, terem dificuldades semelhantes ao receber prêmios como Oscar.

Digamos que se no último domingo Jean Dujardin tivesse “tropeçado e quase caído” tal e qual Heston, ninguém teria dado peteca. Sites de mexericos continuariam preferindo comentar o cambito da Angelina Jolie do mesmo jeito.

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails