quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Beldades de bolso

E creio que esses calendários de se levar na carteira, tão comuns como brinde de começo de ano, foi outra coisa que sucumbiu na febre dos celulares. Assim como relógio de pulso.

Nunca mais vi! Tinham de santinhos, mulheres peladas e de astros de cinema, como este aí com a belezura da Natassja Kinski, embora fossem menos comuns.

Menos comuns, mas existentes conforme @Deniac testemunho certa vez:

Li isso e já imaginei o tiozinho, sujeito misantropo. Um genérico candango do Steve Busceni em Ghost World (2001 de Terry Zwigoff).

Por suposto o calendário da Lynda Carter deve ser autentico de 1975. Ainda que não entenda o que eu tenho a ver com isso...

O calendário é um oferecimento MovieCard

Veja também:
Se a memória não me falha...


[Ouvindo: Presto (Aconcagua - Concierto para Bandoneon y Orquesta) – Astor Piazzolla]

14 comentários:

Deniac disse...

ahaahahahahahahahhaha
Vc é fantástico, Miguel! O rei do Kitch!


ahahahaha

Miguel Andrade disse...

Deniac, qué isso? Haha!!!

Deniac disse...

Ops, eu quis dizer "kitsch", hauahuahuaha

Miguel Andrade disse...

Deniac, tinha compreendido! hehe!

Leticia disse...

É muito engraçado quando lembram da gente "lá fora", né, Miguel?

Saíram os calendários de carteira, entraram os de geladeira. Eu uso um aqui, grudado no PC.

E, em tempo: já tive cabelo igual a esse de Nastássja...

Miguel Andrade disse...

Letícia, verdade! Também tenho alguns de geladeira. preciso trocar.

Nunca olho. Nunca lembro de olhar pra calendário, relógio... Sempre à deriva! rs

Mahal disse...

Uma vez meu avô me deu um espelhinho redondo com uma moça atrás...não era uma foto explícita, levei ANOS pra ver que ela estava sem blusa.

Miguel Andrade disse...

Mahal, e vc tem ainda?

Refer disse...

Velho nostálgico é foda. Há um puta tempo, tive uns dez calendários de bolso, americanos, com pinups estilo Vargas. Um dia, levei para mostrar no trabalho e um colega me pediu os calendários com um argumento incontestável: disse ser colecionador e na época, jurou ter mais de 12 mil. Dei-os na hora. Vai que o lóki cisma de levar os 12 mil na empresa para me provar...

Bom, se vivo estiver, hoje o cara tem uns 80 anos e uns 100 mil calendários, no mínimo.

Miguel Andrade disse...

Refer, e devem valer uma fortuna. No mínimo as Garotas do Vargas eram atuais quando ele começou.

Zu Campos disse...

Não entendi a conexão entre Mara Maravilha e Lynda Carter. Deve ser uma alusão à heroína que Lynda sempre interpretou no seriado de TV. A baiana nem merecia um calendário de bolso. No interior ainda há a distribuição desses cartões, me lembro de ter ganhado um com o ano de 2011.

Miguel Andrade disse...

Zu!!! JURO que agora fui levar com mais calma a tuitada do Deniac!

Lia "Mulher maravilha", não Mara Maravilha! hahaha!!!

Refer disse...

Tuíte confunde o raciocínio, pare com essa bobagem. A Mara fez PlayBoy, tem fotos XXX (se bem me lembro é só XX), antes de se "virar evangélica". A Linda Carter, deve ter, quando muito, aquelas fotos estatuescas em p/b, que não rendem nem meio X.

A Mara saiu da mídia e vc se esqueceu dela. Ingrato.

Miguel Andrade disse...

Refer, verdade! A gente tenta ler correndo (já que são muitos textos curtos) e dá no que dá.

Nunca pensei na Mara ilustrando um calendariozinho destes. Só por Deus! haha!

Related Posts with Thumbnails