quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Pausa para nossos comerciais

Hombres con los WONG bien puestos, ... y bien frescos

Propaganda 70’s de sungas fazendo referência à Guerra Fria. Lado a lado Richard Nixon (EUA), Fidel Castro (Cuba) e Konstantin Chernenko (Rússia), três nomes que estavam nas notícias todos os dias.

Suposto Chernenko, cujo sósia está mais para o recente Bill Clinton. E o de Nixon com cara daquelas máscaras de Nixon, tão populares em Halloweens remotos.

E dá pra entender um pouquinho do momento histórico em que esse anúncio saiu. O tema era sério e palpitante, mas não tão recente, ao ponto de se poder fazer piada.

Associar “Fria” ao calor do verão não deixa de ser boa ideia. Ainda mais no possível trocadilho do nome da marca com... Ovos frescos?

A imagem é um oferecimento Made Of Jacinta

[Ouvindo: King of Silence – Cibo Matto]

14 comentários:

Leticia disse...

Tomando whisky, vodka e cuba-libre!

Aliás, cuba-libre é, de longe, o melhor nome de drinque que já se inventou.

Miguel Andrade disse...

Letícia, super! Combina, tem o sabor da época.

Leticia disse...

Não é? Só não saberia localizar no tempo, dizer se esse "libre" se refere a Fidel ou a Fulgêncio Batista.

[...]

Fui pesquisar. Supermentira! Cuba libre atribui-se aos soldados americanos que ajudaram na guerra de independência de Cuba no século XIX!

Miguel Andrade disse...

Letícia, sempre pensei que estivesse ligado a Fidel. Do mesmo jeito que Hi-fi (com Fanta) aos equipamentos da época.

E o Russia Libre da Joan Crawford com Pepsi...

Leticia disse...

Hi-fi... É duro ter de admitir que lembro disso. Mas devia ser ligado, sim.

As festinhas também se chamavam hi-fi: "Você vem no meu hi-fi no sábado?"

Miguel Andrade disse...

Letícia, hahahaha!!! Pra mim é só o drink mesmo. Se pá nem deve existir mais.

Leticia disse...

Deve existir no Clube Espéria...

Miguel Andrade disse...

Letícia, hahaha! Como é o nome daquele baile da saudade tradicional ali na Paulista? Um que pegou fogo.

A geração de frequentadores já deve ser outra. Deve ter galerinha dos idos do Hi-Fi agora lá.

Refer disse...

Clube Homs? Cartola Clube?

Miguel Andrade disse...

Refer, acho que era Cartola, né? Hahaha!

Leticia disse...

Club Homs... Uma vez estava eu no MacDonalds que havia ao lado (aquela casa branca), e a mulher todo empiriquitada, comentando comigo que xavecou o segurança do clube pra dar uma saidinha para comer, já que os preços lá dentro eram de matar.

Do jeito que estava vestida, imaginei que estava na mais solene pindaíba, mas não dispensava a prospecção amorosa. Que vida, meu Deus!

Miguel Andrade disse...

Letícia, a tal sociabilidade à força! Queria sentir falta disso...

Refer disse...

Engraçado como a gente fala de uma SPaulo tão recente e que já não existe mais. Aquele McDonalds fechou, lá está mais uma agência do Santander. O Cartola não existe mais, lá está um laboratório.

Gostava de passar perto na vesperal pra ver o pessoal chegar para o baile. Roupas e adereços incríveis. Achava curioso que algumas senhoras trocavam de sapato na rua, antes de entrar. Acho que era para os outras virem que elas chegavam de sapato 'novo' para dançar. Havia uma senhora que sempre que me via parava pra conversar como se me conhecesse há décadas. Nunca soube o nome dela e não imagino o que ela faz agora, sem poder dançar no Cartola.

Miguel Andrade disse...

Refer, aquele Mc fechar foi um escândalo pra mim. Posto de gasolina e McDonals fechando é algo realmente raro de se ver.

Que triste que acabou. Mas há um outros bailes do tipo.

Sempre que vou praí nos finais de semana passo em frente a um, com fila na porta e tudo. Não me pergunte onde...

Além daquele em que fizeram o filme Chega de Saudade. Firme e forte não sei até quando.

Falando em passado rápido, aquele post recente do Rock Hudson e Michael Jackson é bastante estranho.

Todos os 4 das fotos já se foram. 3 deles bastante iconográficos, e vimos suas estrelas apagando...

Related Posts with Thumbnails