quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Lambando na selva

E tropecei nessas imagens de Captive Wild Woman (1943 de Edward Dmytryk) e já tô amando a tal Acquanetta! Aka Vulcão Venezuelano, embora fosse norte-americana de nascença.

E o nome dela era Burnu Acquanetta mesmo! Ficou marcada por papeis de garotas selvagens, até em filme de Tarzan apareceu como Mulher leopardo.

Mas não abandonou a carreira de atriz por falta de papeis diferentes. Como qualquer mocinha 50’s, deixou de trabalhar quando casou.

Estranho foi descobrir que 11 filmes que a Acquanetta participou, devo ter uns cinco na filmoteca... E nunca tinha ouvido falar nela!

Entre aqueles que ainda não assisti. Já já um produtor daqueles realitys sobre acumuladores de tranqueira vai bater na minha porta!

As imagens são um oferecimento Horror Find
Veja também:
Irish McCall: Selvageria curvilínea
Paraíso das Mulheres Perdidas


[Ouvindo: Zafé co ida – Léona Gabriel]

5 comentários:

Leticia disse...

Miguel, imagino que a cada aquisição de DVD você jogue todas as informações possíveis no computador...

Miguel Andrade disse...

Letícia, pior que não. Quando assisto é que vou procurar sobre.

No máximo eu catalogo. Acho curioso juntar filmes de uma mesma pessoa sem querer.

Plaza disse...

Você tem muitos que ainda não assistiu?

Anônimo disse...

Quis dizer na sua coleção...

Miguel Andrade disse...

Plaza, devo ter algumas dezenas. O que me tira o sono pensar que não viverei pra todos, mesmo durando até os 120 anos. :-/

Related Posts with Thumbnails