terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Furo a pessoa amada em sete dias!

Uma ode ao poderio masculino. Só que ao contrário! Nancy Walker recolheu um punhadinho de canções da Broadway e gravou esse “I Hate Men”.

A música que dá nome ao disco é da trilha de Kiss Me kate, por exemplo. Não achei no You Tube nenhuma das 10 faixas pra gente ouvir.

Como compensação vai sua interpretação de I'm Still Here. Ouça no player abaixo ou clicando aqui.

Atriz, comediante e produtora, Walker estreou na direção em 1980 com A Música Não pode Parar (Can't Stop the Music). O filme também marcou a estreia do grupo disco Village People na tela grande.

Mas conhecida mesmo ela ficou graças a TV. Sua personagem fez tanto sucesso no seriado Mary Tyler Moore que ganhou sendo reaproveitada no spin-off Rhoda.

A capa é um oferecimento tushygalore66

[Ouvindo: Heartbreak Hotel – Elvis Presley]

7 comentários:

Alex disse...

Ela era na verdade a mãe da Rhoda (Valerie Harper). Uma excelente atriz.

Miguel Andrade disse...

Alex, ops! Vou arrumar. Valeu.

Leticia disse...

Isso eu estava estranhando. Se é Nancy Walker a pessoa da capa do disco, não era Rhoda.

Miguel Andrade disse...

letícia, nunca vi Mary Tyler Moore, além de videos na Internet. E após muita insistência aqui em casa. Haha!

Leticia disse...

Ah, eu adorava ver! Não sei se teria o mesmo gosto hoje, mas achava bem interessante; e, criança, achava engraçadíssimo um ser humano chamado "Rhoda".

Miguel Andrade disse...

Letícia, pra mim, estas séries retrôs eram coisa da Bandeirantes. Estranho que Mary Tyler Moore não foi (ou não percebi) reprisada a partir dos anos 80.

Mesmo em Portugal! Amava As Panteras, mas Mary Tyler Moore passou ilesa por mim.

Leticia disse...

Sou do tempo em que MTM passava na Grôbo! Tinha em outros canais a A Noviça Voadora, Os Waltons e Julia, que eu tb. adorava!

Related Posts with Thumbnails