terça-feira, 1 de novembro de 2011

Pausa para nossos comerciais

Seja mais querida – tornando-se mais bela! Sabonete Gessy

Que tal um anúncio de sabonete que ensina passo a passo a como lavar o rosto? Pelo que se nota nas propagandas até a década de 50, produtos de higiene eram luxo no Brasil.

Coisas como creme dental e sabonete eram vendidos como cosméticos. Prometiam deixar sobretudo as mulheres (sempre elas!) mais atrativas e bonitas para conquistar os mancebos.

E acho tudo bem normal sem e tratando da época. Bizarro mesmo é a atual propaganda da Nestlé vendendo água mineral com fins igualmente cosméticos!

Água, minha gente ÁGUA! Pras bonitas limparem o organismo fazendo pipi...

Como se água ali do riacho não fizesse o mesmo efeito. Acho que já comentei essa propaganda aqui antes, mas continua no ar, com novos anúncios e tudo.

Uma das moças até diz que o “xixi ficou mais clarinho”. Vamos reclamar de sabonete com espuma embelezadora?

[Ouvindo: Love Is Strange – Mickey & Sylvia]

4 comentários:

Leticia disse...

Bem, até se você passar o dia bebendo cerveja o xixi fica mais clarinho...

Agora, eu não me conformo mesmo é iogurte pra fazer cocô, com tanto mamão papaia dando sopa.

Miguel Andrade disse...

Letícia, xixi clarinho até água que passarinho não toma. Cara de pau.

Iogurte pra fazer cocô, quase medicinal... Comida balanceada que é bom nada!

Leticia disse...

Ontem cheguei em casa e ainda peguei um programa - na Record? - sobre cirurgia bariátrica. Era algo oriundo de alguma tevê a cabo, porque só mostrava americanos e ingleses. E sempre penso no longo caminho que a pessoa percorreu até chegar àquele peso.

Na minha mente simplória, deve haver um alerta do próprio corpo da pessoa pra PARAR de comer, porque o estômago estufa, aquilo dói, causa desconforto...

Sei lá, será que a pessoa não tem necessidade de sentir fome de vez em quando? Se sentir vazia? Não sei, não sei...

E precisa recorrer a essas coisas pra se enganar?

Miguel Andrade disse...

Letícia, deve ter algum fundo psicológico. Como o anoréxico que não se enxerga no espelho.

O gordinho que não sente o bucho estufado deve ser parecido.

Related Posts with Thumbnails