sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Momento ruim de Faye Dunaway imortalizado em paper doll!

Desgraça nunca vem sozinha! Faye Dunaway descobriu isso amargamente no começo da década de 80, quando já havia sido indicada a três Óscares, vitoriosa uma vez como melhor atriz.

De 1981 a 1985 foi indicada ao Framboesa de Ouro (Razzie Award) como pior atriz do ano consecutivamente. Saiu “laureada” como a estridente Joan Crawford de Mamãezinha Querida (Mommie Dearest, 1981 de Frank Perry).

Qualquer pessoa sensata se voltaria depois a projetos autorais, menores, mas não! Quando Superman já tinha sido espremido até o bagaço nas bilheterias, algum produtor gênio imaginou que ainda renderia alguns dobrões se filmasse a história de sua prima kriptoniana.

Supergirl (1984 de Jeannot Szwarc) é daquelas coisas horrorosas que gastam em pompa, mas não gastam em esconder os fiozinhos que seguram a heroína quando ela voa. Dunaway é a vilã cuja interpretação over se dilui no figurino extravagante de gosto duvidoso.

Dá pra ter uma ideia nessa paper doll acima. O filme foi tão mal que a boneca deve ter se tornado raridade de colecionador, difícil de ser encontrada além do encalhe na no porão da editora.

Quem não assistiu, imagine uma bruxa de peça infantil (daquelas bem furrecas mesmo) que tenha tido a sorte de ser vestida por um carnavalesco carioca. É mais ou menos por aí o espírito da coisa.

Após 1985, a atriz voltaria a ser indicada a pior atriz em 1990 e outras três vezes até 1998, num total de oito! Ao Oscar? Não é desde 1977 quando ganhou por Rede de Intrigas (Network de Sidney Lumet).

Diante de tudo isso, aquele poster de Cannes deste ano, com uma foto glamorosa dela, teve sabor especial. Pelos menos como reconhecimento da grande estrela que é.

A paper doll é um oferecimento Vinie's Ratolle

Veja também:
Faye Dunaway querida!


[Ouvindo: Federal Funding – Cake]

14 comentários:

Bardot disse...

Deus me livre e guarde dessa mulher. Tá tendo a velhice que merece: "tá lynda!" RuPaul tem inveja. rs
Nem tenho nada contra a Faye Dunaway de até 1976 (época em que ela deveria ter pegado seu óscar, feito a Bardot e se retirado da mídia!) Só fez cagada depois disso. Bancroft sim se mostrou leal à J Crawford negando o filme. Ao contrário de Dunaway q miss Crawford já tinha até elogiado. Nem tô falando do filme que se tornou ícone e cult de tão trash, over the top e caricato. Até 1976 ela teve muita sorte. Ganhou excelentes papéis, trabalhou c elenco d primeira e diretores impecáveis. Gosto do trabalho dela nessa época apesar de a mesma ter sido como pessoa sempre insuportável desde o início.. Nunca teve humildade. Ninguém a aturava. Bette Davis disse uma vez que Joan Crawford era uma santa perto dela! O engraçado é que mesmo quando ela começou à se foder não mudou aquele gênio. Entrevistá-la é um sacrifício etc, etc.. Fora os bafões d ter brigado c Hilary Duff pq alfinetou a escolha p o remake d Bonnie, o aluguel atrasado correndo risco d despejo e a ligação telefônica que vazou dela acabando c o ex marido e falando bem de um péssimo filme mais recente que fez c Marlon Brando. Pedante!

Miguel Andrade disse...

Bardot, meu Deus! Tudo isso?

Quase ninguém lembra, mas Os Olhos de Laura Mars é muito divertido. Bregão, mas divertido.

Quanto ao lance da Duff, foi deselegante até pq a guriazinha está longe de ser alguém como ela. Eu deixaria quieto.

Bardot disse...

Por isso mesmo. Super feio uma senhora como ela batendo boca c aquela zinha. Claro que Duff não vai ofuscar o brilho da Bonnie dela. Nem precisava de tudo aquilo. rs

Miguel Andrade disse...

Bardot, verdade! Já disse aqui que remakes não ofuscam em nada o original.

Pelo contrário. Fazem com que sejam relançados em DVD.

Bardot disse...

Jamais né? Ainda mais se tratando d "Bonnie & Clyde"... mas nossa, é fato que esses dias eu tava pensando...agora que refilmaram "The Deep Blue Sea" será que o original c Vivien Leigh finalmente aparece??? O filme é super raro e até circulou por um tempo na net c uma imagem bem ruim. Se não me engano tá no youtube. Tinham que lançá-lo em dvd/blu-ray numa versão restaurada... Sempre tive curiosidade. Provavelmente em função do falecimento, lançaram agora "Night Watch" d 1373 c Liz Taylor, aqui se chamou "Vigília nas Sombras", acho... Infelizmente raramente essas coisas acabam vindo pra cá. :(

Miguel Andrade disse...

Bardot, incrível como mesmo na web alguns títulos simplesmente somem. Precisamos ficar guardando mesmo.

Diogo disse...

Duff fazendo bonnie? e eu que estava ouvindo um disco dela (Dignity) agorinha e sim, eu ouço, me deixa. hahaha

Miguel Andrade disse...

Diogo, deixo mesmo. TCHAU! Hahaha!

Diogo disse...

hahahahaha, não me deixe!.

Miguel Andrade disse...

Diogo, mas é da idade.

Diogo disse...

Miguel, promete? hahahaha

Miguel Andrade disse...

Diogo, fazer o quê? Paciência...

As Tertulías disse...

Adorei... nao sabia nada disso e me enriqueci de novo aqui!!!!!

Miguel Andrade disse...

As Tertulías, legal! :D

Related Posts with Thumbnails