quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Momento histórico da vida privada: Esquilo!

Alimentando esquilo – 1956, Parque Nacional de Zion (Utah, EUA)


Mordida por esquilo – 1956, Parque Nacional de Zion (Utah, EUA)


Epic win! Esquilinho 1, turista de vestido cor de rosa 0!

Essa alegrou todo mundo quando foi mostrar os slides das últimas férias.Quem esperava imagens entediantes no avô do PowerPoint teve alguma emoção.

São slides de tiazinha turista de verdade! Escaneados a partir de originais 35mm Kodachrome pelo ElectroSpark.

E por que é tão chato ver fotos dos outros passeando? E por que eles sentem a necessidade de ter que mostrar fotos banais das férias?

Sufoco ter que dissimular algum interesse. Se ainda tivessem registrado algum revés da natureza...

[Ouvindo: Acontece – Cartola]

10 comentários:

Refer disse...

Lembranças afetivas interessam somente aos seus próprios donos — quem quer saber o que eu sentia e quais emoções me trespassavam nos dias em que eu, adolescente, andava despreocupado pelo Ipiranga? Ninguém quer saber, embora eu seja capaz de falar durante horas sobre esse tempo, com o coração querendo sair pela boca.

Imagens de viagens são objetos visíveis, palpáveis, mas têm o mesmo efeito de lembranças afetivas para quem as vivenciou e seus interlocutores — estes estão se lixando para elas.

Se fôssemos menos egoístas seríamos mais tolerantes com as memórias afetivas dos outros.

Miguel Andrade disse...

Refer, mas aceitar ver, eu que jamais na vida faço algo que não estou afim, já é um grande esforço de tolerância.

Olho praquilo e fico quase sempre reparando nos péssimos fotógrafos amadores. Sempre aquelas pessoas minusculas com uma paisagem gigante ao fundo... Não aguento o tédio!

Daniel Tavernaro disse...

Eu gosto de ver, como já admiti aqui. Lógico que gosto de ver coisas que me interessam, rsrsr. Também gosto de ouvir histórias, papos, etc. Adoro escutar e ver algumas coisas do passado; acho interessante comparar com "o" hoje, rs.

Refer, nemsei onde mora, mas se um dia for na sua cidade, me disponho a bater um papo!

E...Lá tem ua foto do Cliff House.... Já li alguma coisa muito interessante sobre o local, mas não lembro onde, nem o que.... Fui no Google, mas não achei nada. Não sei se é algo sobre ser mal-assombrado, ou algo assim. Sei que pegou fogo váááárias vezes e sobreviveu a um forte tremor de terra há um tempão.

Miguel Andrade disse...

Daniel, não gente! Não misturem as estações. Não era sobre isso que falei.

Era sobre fotos de viagens a Paquetá. Pedalinhos, cisnes... Coisas banais e comuns, como tudo o que é pegadinha pra turista.

Daniel Tavernaro disse...

Miguel, acho que você quis fazer um paradoxo entre as fotos de antigamente, mais posadas e pensadas, afinal, havia um limite para o "filme" e um preço a pagar pela revelação, e as fotos e poses de hoje, com as câmeras digitais imperando, incomodando, deixando a maioria das fotos vagas......


Ou não, rs?

Miguel Andrade disse...

Daniel, não, quis dizer o que está lá mesmo. Gente que vai viajar, fotografa de qualquer jeito tudo e depois nos obrigam a ver tudo aquilo com sorrisos nos lábios.

Não tenho paciência. Aliás, das coisas que mais detesto nessa vida é justamente lugares próprios pra turista ir.

Imagina ter que ver isso em fotos ruins?

Leticia disse...

Pois acho isso a grande epifania do Facebook. Hoje você olha se quiser. Antigamente, você era sequestrado durante a visita para, ao apagar das luzes, olhar aquela tranqueira toda e ouvir as ex-pli-ca-ções!!!

Hoje você vê se quiser, e mesmo assim pra constatar como a figura engordou. Super à vontade, em sua casa, com quem quiser e falando mal do jeito que quiser.

Refer, eu entendo o que você diz. Mas quero lembrar que pra você dar bola pra memória de alguém é preciso antes ter apreço pela pessoa pra se dispor a entender e sentir junto. Há algumas (raras) pessoas com quem divido essas coisas, e elas comigo. Você, por exemplo, poderia ser uma delas porque eu te conheço razoavelmente daqui e lá em casa e posso avaliar que há certa consistência.

Mas Puttyleine que tira um quilo de fotos em Londres? Passo.

Miguel Andrade disse...

Letícia!!! ISSO! Captou a mensagem!!! Hahaha

Vantagem do Facebbook e essas redes sociais em geral. Goela abaixo só de quem quiser.

Leticia disse...

Ahn, Miguel, não é pra me gambá, mas eu capto a mensagem com frequência razoável...

Você está é impressionado (risos!)

Miguel Andrade disse...

Letícia, capta sim! hahaha Tanto que estranho quando acontece o contrário.

Related Posts with Thumbnails