quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Nos 80 só deu elas!

As artes de Patrick Nagel são tão marcantes aos anos 80 que até causa certa comoção saber que ele faleceu em 1984. Não deve ter visto seu auge e saturação de estilo, usado à exaustão até em cliparts no início da computadorização.

Reverentes ao art deco, casaram bem com o saudosismo 20’s/30’s que o planeta sofreu há 30 anos. Ombreiras, comédias malucas e filmes de aventura sequenciais no cinema e as obras de Nagel por todos os lados.

A dominação começou quando ele passou a colaborar com a Playboy, a partir de 1976. Ainda ficou célebre como ilustrador da capa do disco Rio de 1982, um dos mais populares do Duran Duran.

Aqui no Brasil ele ainda foi visto estampando camisetas oficiais da revista Playboy, no auge da publicação nacional. Causou certa polêmica as mulheres nuas decorando roupa, embora bastante estilizadas.

Mas não confunda. Os trabalhos de Patrick Nagel estavam mais para Vargas do que para um Romero Britto versão New Wave.

As imagens são um oferecimento Dirty Creative

[Ouvindo: A Quizas, Quizas, Quizas – Ethel Smith]

6 comentários:

JAQUELINE MARQUES disse...

É a primeira vez que acesso esse blog e adorei os post que li...

Miguel Andrade disse...

jaqueline, obrigado! :)

DAVI VALLERIO disse...

dificil achar coisa mais 80 que Nagel,queria ver uma dos anos 70 pra ver se ja tinha um prenuncio dos 80 ou era outra pegada

Miguel Andrade disse...

Davi, eu também. Ou se eram a mesma coisa e pelo sucessor ficou marcado como 80.

Da Índia disse...

Excelente este blog! Todo post é interessante! Esse do Nagel foi muito bem lembrado. Quem passou pelos anos 1980 já viu alguma ilustração dele, com certeza...

Miguel Andrade disse...

Da índia, valeu!

Related Posts with Thumbnails