segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Predadora de talentos

Na terceira idade, Mae West em Homem e Mulher Até certo Ponto (Myra Breckinridge, 1970 de Michael Sarne) encarnando a dona de agência de talentos. Parada obrigatória a todos os aspirantes a ator de Hollywood com o corpo em dia.

West foi quase um Groucho Marx de saias. Seus trocadilhos e malícias a precedem.

Essa do caubói e dos centímetros eu já conhecia antes de ter assistido ao filme. Outra dela, muito repetida até por quem nunca ouviu falar em seu nome é a que “Quando é boa, é boa, quando é má é melhor ainda”.

No seu penúltimo trabalho no cinema (por motivos evidentes, estava sem filmar desde 1943), usando figurinos da Edit Head, é o personagem símbolo de todos os que foram relevantes e registrados pelas câmeras de Hollywood na Golden Age. O texto adaptado de Gore Vidal deixa clara a saudade ao brilhantismo nas telas e os rumos estranhos que Hollywood estava tomando.

Raquel Welch chega a dissertar sobre as qualidades (discutíveis) de Johnny Weissmuller, o Tarzan gordo! Será que Mae West o pegou?

Entre os rapazes a tentarem uma vaga na agência temos Tom Selleck estreando no cinema! Ainda sem o famoso bigode, ele seria o detetive Magnum nos anos 80 e o namorado quarentão da Monica Geller em Friends nos 90.

É logo o escolhido entre toda fila para o teste de sofá. A qualificação exigida por ela é apenas que seja muito sexy.

Se fosse um faroeste, imagino que West o perguntaria outra de sua máxima conhecida: "Ei, bonitão! Está feliz em me ver ou tem um revólver no bolso?".

Veja também:
Mae West e Criswell: amigos até na lua
Heroína da resistência


[Ouvindo: Games - Dorothy Ashby]

4 comentários:

DAVI VALLERIO disse...

Pena que aqui no Brasil todas as putas quando ficam velhas viram crentes...iamos ter otimas Mae Wests

Miguel Andrade disse...

Davi, hahaha! Pena mesmo. Teríamos aos borbotões.

qualquergordotemblog disse...

"Ei, bonitão! Está feliz em me ver ou tem um revólver no bolso?"

Lembro disso no "Roger Rabitt" (Tem um coelho escondido na calça ou tá feliz em me ver?). Hj em dia cortariam isso do texto final.

Miguel Andrade disse...

Qualquergordo, verdade! Tem isso no Roger Rabitt.

Pense! Hoje mas nunca que esse filme sairia!

Related Posts with Thumbnails