quarta-feira, 7 de setembro de 2011

O negócio dela é bananas

A lenda viva Vanessa del Rio representando o quê que a baiana tem em The Filthy Rich: A 24 K-Dirty Movie (1980 de Michael Zen ). Filme da fase pornográfica em que ao sexo misturavam humor e crítica social.

Del Rio não é brasileira e passa longe disso. Filha de imigrantes cubanos nasceu em Nova York mesmo, mas e daí?

É só o estereótipo da empregada doméstica latina safadinha que faz corpo mole pro trabalho. O roteiro brinca com esses clichés tão irradiados não só nas produções pornográficas, embora sobrevivam principalmente nelas.

Repleto de estrelas seu custo seria inviável se fosse produção hollywoodiana comum. Contracenam com a morena Samantha Fox, Jesie St. James e os astros Herschel Savage (ainda como Hubert Savage), Jack Wrangler e George Payne.

Todos os três com larga passagem pelo cinema voltado ao público gay. Eles toam com o espírito kitsh em lá maior da película, que mais parece ter tido produção de arte de um carnavalesco, mesmo se tratando de sexo straight.

Ok, sexo 95% straight! Tem coisinha lá que não é sempre que se vê...

[Ouvindo: Balanando o sax - Teixeira de Manaus]

5 comentários:

Glauco disse...

Naquele tempo, o passado de filmes gay de alguns astros do x-rated hétero era um grande mistério a ser desvendado. Lembro de quando começaram a surgir os rumores sobre o Peter North, hoje é tão fácil.

Miguel Andrade disse...

Glauco, RUMORES de Peter North, pense! Coisa mais transparente hoje.

Glauco disse...

Ah sim, se não me engano, Vanessa inaugurou a disnatia latina de estrelas "Rio" no pornô: Elle Rio, Alicia Rio, Olivia del Rio...

DAVI VALLERIO disse...

e ainda parece a Pamela Anderson de cabelo preto

Miguel Andrade disse...

Glauco, ~gozado~ que não há mais esse tipo de coisa! Com a massificação o pornô perdeu a força culturalmente.

Davi, verdade! Pamela Anderson foi uma versão softcore e loira deste esteriótipo.

Related Posts with Thumbnails