quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Barba, cabelo e bigode com Tura Satana

Ela já era exímia carateca, não seria muito se também fosse uma boa cabelereira? O mocinho deve ter saído mais satisfeito do que se tivesse ganhado o topete do Elvis.

Cada nova extravanganza dela que tropeço pela web mais encantado fico. Essas fotos são de 1959, antes dela cruzar o caminho de Billy Wilder e principalmente aquele que a tonou em mito: Russ Meyer.

Sua história pessoal é um drama só, cheia de contornos obtusos e superação de limites, digna de literatura pulp. A diferença é que a (por assim dizer) ex-bailarina exótica vingou trilhando seu caminho, não morreu rebolando no palco.

Leia mais sobre Tura Satana clicando aqui e aqui sobre seu falecimento no começo deste ano.

As imagens são um oferecimento Nistagmus

[Ouvindo: Take My Hand - Sammy Davis Jr]

8 comentários:

Diogo disse...

E uma bitoca de graça!

Miguel Andrade disse...

Diogo, a bitoca equivale aqueles docinhos que os pediatras têm nas clínicas. rs

Diogo disse...

Miguel, Quando eu vou no barbeiro sempre tem docinho e em alguns consultórios dentários também existe essa prática, que no segundo caso tá mais pra negligência.

Miguel Andrade disse...

Digo, só não tem bitoca, né?

Diogo disse...

Miguel, Que pergunta hein Miguelzinho? (e não, não tem hahaha)

Miguel Andrade disse...

Diogo, haha!!! No salão da Tura tem!

Nayara disse...

Saindo do assunto, Miguel vc já viu esse novo comercial da Dior? Nele aparecem Grace Kelly, Marlene Dietrich e a Marilyn. Muito bem feito, parece até que eles estão vivas e gravando o comercial, de verdade rs... Olha aí:
http://www.youtube.com/watch?v=mXrWiJcmvBI&feature=pyv

Miguel Andrade disse...

Nayara, tinha visto quarta! Muito bem feito mesmo.

A Marilyn talvez seja a mais artificial, mas ficou bem legal. Chega a emocionar.

Related Posts with Thumbnails