segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Velho e o novo A Hora do Espanto

Já foram tantos os remakes, que fãs de verdade do cinema não têm mais o que temer. Às vésperas do lançamento do novo A Hora do Espanto (Fright Night estreia dia 19 de agosto nos EUA), imagina-se que será outro caso a não superar o filme original.

Uma bobagenzinha da metade dos anos 80 que fez um estrondoso sucesso por revitalizar o mito dos vampiros. Aqueles seres das trevas que nas telas teimam em descansar.

Em 1985 fazia quase 20 anos que eles não eram moda. O último boom de sugadores de sangue foi via produtora inglesa Hammer, entre o final dos anos 50 aos 60, até o desgaste da fórmula de terro épico nos 70.

A partir daí, Hollywood passou a dominar novamente com terror vindo a partir de temas atuais, como criancinhas possuídas pelo demônio, psicopatas sanguinários, etc. Drácula e toda sorte de sugadores de sangue classudos viraram piada.

Mas não sumiram, com os direitos das produções da Hammer baratos, passaram a ser exibidos e reprisados à exaustão nas emissoras de TV do mundo todo. No nosso Brasil inclusive.

A Hora do Pesadelo atualiza o tema a partir daí. Vampiros são desacreditados e o adolescente precisará da ajuda de um apresentador de velhos filmes de terror da TV para combatê-los.

No papel o querido Roddy McDowall como o ator decadente e canastrão Peter Vincent. Óbvia alusão a Vincent Price e a Peter Cushing, que fez tantas vezes o barão de Frankenstein e o caçador Van Helsing para a Hammer.

E é por aí que a refilmagem jamais chegará nem perto do que já foi feito. Deslocado do contexto histórico em que o original foi feito, 80% da graça vai pelo ralo logo de cara.

Foi um acerto escolherem Colin Farrell para o vampiro principal, interpretado antes por Chris Sarandon. Desconheço se nos pudicos novos tempos o personagem manterá toda a conotação bissexual.

Pena que para Peter Vincent selecionaram David Tennant , um ator sem a bagagem que McDowall tinha. Não só profissional, mas de idade também.

Curiosidade que só percebi revendo o filme noite dessas: A mocinha foi Amanda Bearse! Sabia que conhecia Marcy, a vizinha careta do seriado Married with Children de algum lugar!

Outra coisa que precisa ser comentada é o título dele em português. Gerou aqui dezenas de outros começados com “A Hora do...”, o que ficou mais famoso foi “A Hora do Pesadelo”.

O meu inestimável Guia de Vídeo Nova Cultural 1990 (editado em 1989) lista os seguintes:
A Hora da Zona Morta (The Dead Zone, 1983 de David Cronenberg)
A Hora do Assassino (Funeral For na Assassin, 1984 de Ivan Hall)
A Hora do Calafrio (Savage Weekend, 1981 de Claude Pushkin)
A Hora do Lobisomem (Silver Bullet, 1985 de Daniel Attias)
A Hora dos Mortos Vivos (Re-Animator, 1985 de Stuart Gordon)

Alguns são anteriores a 1985, mas compreensível que estamos falando da saraivada de fitas que abarrotaram as locadoras de VHS depois de 1986. Sempre tão originais...

É porque Mazaroppi já tinha morrido, se não, era de se esperar “A Hora da Onça Beber Água”. A hora da falta de criatividade.

[Ouvindo: True Faith - New Order]

11 comentários:

qualquergordotemblog disse...

Provavalemente o remake não vai ter peitos de fora, mas um ponto negativo p/esse remake

qualquergordotemblog disse...

Esqueceu de "A Hora do Pesadelo."

Miguel Andrade disse...

qualquergordo, depois do que vi no Piranhas novo, sei não se não terá peitinhos aqui também.

Esqueci nada de "A Hora do Pesadelo".

qualquergordotemblog disse...

Leitura apressada. Desculpe.

Miguel Andrade disse...

qualquergordo, acontece...

DAVI VALLERIO disse...

A HORA DA ESTRELA serve? kkkk

Miguel Andrade disse...

davi, pior que li no guia e pensei nisso também. Veio bem antes, não vale! Hahaha

Anônimo disse...

O que faz Toni Collete no novo Hora do Espanto?

Miguel Andrade disse...

Anônimo, vai ser a mãe do garoto protagonista. O papel deve ser maior nesse novo.

Rubens Rodrigues disse...

A Hora do Espanto é muito bom. A trilha sonora é muito boa também.

Miguel Andrade disse...

Rubens, verdade! A trilha é sensacional. Bem 80's.

Related Posts with Thumbnails