quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Super (e infinita) adolescência

Aí! Jovem Superman que bate a capa (?) na mesa é esse de 1988! Não aquele pulha de Smallville, que fez doce, doce até a gente perder o interesse.

Imaginava-se como Tom Welling ficaria de uniforme clássico. Nos primórdios da Internet até havia montagens com isso.

Na última temporada a Warner até apelou nas chamadinhas pra essa antiga curiosidade. Alguém ainda se importava?

Pelo tanto que repercutiu, acho que não... Após 10 anos (!!!), nem a mãe dele, a senhora Welling, estava aguardando.

A hora de saber quando parar uma série, esse mistério entre séries de TV. Smallville conseguiu um raro sucesso popular no Brasil numa época em que seriados americanos estavam restritos a canais pagos.

Sua música tema tocando no rádio e tudo. Coisa que nem o fenômeno Friends não teve com a animadinha“'I’ll Be There For You”.

Aliás, teve transmissão em widescreen numa emissora como o SBT e certa regularidade de horário! Nem o mexicano Chaves conseguiu isso.

Deve ser difícil abandonar uma mina de ouro. Pensando assim dá pra entender...

A primeira imagem é um oferecimento Fantastic Flashbacks

[Ouvindo: Nosso Louco Amor - Gang 90 & Absurdettes]

10 comentários:

Monsek Hevlan disse...

Ah, com certeza qualquer um dos Supeboys de 1988 são bem interessantes (das duas formas...) que Welling. John Newton e Gerard Christopher eram massa. Eu assistia sempre.

Miguel Andrade disse...

Monsek, mas eu curtia bastante o Welling... Até que... Até que já deu! rs

Monsek Hevlan disse...

Olha, no começo até que era legal. Mas depois que ficou parecido com os Power Rangers desisti.

Miguel Andrade disse...

Monsek, sim. Bem por aí. Virou uma bobagenzinha.

Refer disse...

Miguel, meu querido, cuidado com que vc escreve:

"Não como aquele pulha de Smallville, que fez doce, doce até a gente perder o interesse."

Ato falho? Enrubescido, tirei as crianças da sala. Sem mais comentários.

Miguel Andrade disse...

Refer, sua mente anda tão sujiiiiiinham...

Leo disse...

Smallville era um grande bocejo. Prometia, prometia, mas nunca saiu do lugar.

Miguel Andrade disse...

Leo, sim! Ficou nessa promessa infinita.

Diogo disse...

Como vocês são bobinhos, querem ação e humanidade nos seus hérois? vejam Liga da Justiça naquele Bom Dia e CIA, é realmente bom.

Miguel Andrade disse...

Diogo, hahahahah Não é isso! É que o seriado começou bem e depois não atava nem desatava.

Related Posts with Thumbnails