segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Pausa para nossos comerciais

How Can You Refuse? When Cher Says... Take Me Home

Levar a Cher pra casa? Como não? O duro vai ser ela passar na porta com todos esses adereços gigantescos na cabeça.

E a diferença no espalhafato de Cher, Grace Jones, Madonna e tantas outras cantoras de antes pra essas de agora é simples. Estavam sempre dentro do contexto de seus trabalhos.

Não estavam simplesmente vestidas de palhaças pro público simplista achar “Muito louco”. Seu visual extravagante condizia com a música que faziam.
As de hoje, invariavelmente me fazem sentir vergonha alheia. Choque pelo simples choque, como se fosse fácil de me chocar depois de tudo que estes olhinhos já viram...

As músicas são qualquer coisa estúpida pra tocar na rádio. Poderiam ser de uma freirinha vestindo negro dos pés à cabeça que tanto faz.

A imagem é um oferecimento Paco Camino

[Ouvindo: Dying to be with you – Eric Allaman]


15 comentários:

Marcelo Serrano disse...

Acredito que esse post tenha relação com o MTV VMA de ontem, então, vou comentar o visual das cantoras, mas acaba valendo de um modo geral tb...
Morro de preguiça daquela Nicki Minaj vestida de palhaça em toda premiação/festa que vai.
E a caixa na cabeça da Katy Perry ontem? Tava vestida de que? The Sims?
Dessas, a que eu acho menos pior ainda é a Gaga, que faz todas as produções pra ser "polêmica" (o que, no final, acaba dando no mesmo lugar das outras).
E alguém tem de avisar pro Sr. Jo Corleone (o alter ego da Gaga) que a Cher já usou esse visual dela há muuuuuuito tempo atrás no clipe de Walking in Memphis!

In cher we trust!
:D

Miguel Andrade disse...

Marcelo, iéis! Tinha! Não assisti, só li no Twitter.

E só pelo que eu lia tive preguiça de ligar a TV. Sempre o mesmo nada sendo paparicado sobre pouca coisa.

É a vantagem de ter certa idade, saca? Já vi tudo aquilo, em melhor qualidade.

DAVI VALLERIO disse...

conan meets gizmo? olha falando dessas de agora...a impressao minha ou a Gaga ficou chata rapido? veio chutando o porta,duas ou tres pops legais e ta querendo quase virar o Yes das cantoras pop?depois do telephone,nenhuma musica empolgou,nenhum refrao...dessas dai to preferindo a Perry mesmo,pelo menos eu achei bola dentro o clip com a Debbye Gibson e o Kenny G

Refer disse...

Kate Bush usou uma fantasia parecida com essa da Chér (fã que se preze escreve o nome dela com acento...), porém, MENAS ousada.

http://www.fanpop.com/spots/kate-bush/images/3336964/title/kate-photo

aparece no clipe de 'Babooshka' http://www.youtube.com/watch?v=6xckBwPdo1c&feature=BFa&list=TLkdn1YFwxuFw&lf=artistob

KB com essa fantasia na capa de um EP de 12" que eu tive. ;)

Miguel Andrade disse...

Davi, Gaga mostrou que era apenas uma casquinha super rápido. Nunca me enganou.

Refer, aprendi a chama-la de Chér com o senhor.

Daniel Tavernaro disse...

Adoro a Cher, não adianta. Já disse aqui em outras vezes que, mesmo com 25 anos, não me dou muito com essas "novatas" que aparecem.... Não sou de muita idade, mas já vi muitas "divas" surgirem e desaparecerem... Então acho que, no momento, a juventude está muito sexual e cheia de vontade desparecer a qualquer custo; assim, vemos na música o reflexo disso. Divas de verdade, com aquele ar de deboche pronto e um ar superior inabalável, não existe mais. Tina Turner, Cher, Shirley Bassey e outras mandam abraços!

Elbert disse...

É como lirinha fala " ...somos herdeiros do fim do mundo..."
Olhe que nem sei direito o que rola hj em dia no mundo pop e ate mesmo de um modo geral no mundo musical.

Porem posso dizer que estou navegante (há 24 anos,e tendo 24 ..rsrs) entre as decadas de 40 a 90 no sentido musical, cinimetografico, literatura, filosofico e etc.

Mas prefiro onde você cita um outro lado da questão: Tudo bem, elas (eles) é repitição do passado, mas o que na verdade incomoda é que essas gerações de agora (ou ja vem de outras?) não reconhece isso e nada faz.
Claro que o movimento contra-mão ou alternativo sempre está aí, mas pensar no sentido amplo em relaçao as "massas" e ver para onde caminham no sentido cultural é no minimo tosco.


Fora isso, digo que ja acompanho esse blog a mais de 1 ano, mas esse se nao me engano é meu 1º comentario ...rsrs.

Vida longa ao La dolce vita \m/o.o

P.S: (meu 1ª comentario aqui)...tudo bem, escroto da minha parte por um lado, mas se pensar que anos atras o meu nick pra qualqer jogo era "vulto", acho que da rola um desconto pra mim...rsrsrs

Miguel Andrade disse...

Daniel, acho estranho que algumas estão durando. Nos anos 90 a gente jamais suspeitaria que a Britini fosse tão longe...

Elbert, sim! Elas só existem pq a geração atual é muito ´pobre e preguiçosa de conhecer coisas por conta própria. Só gostam do que lhes mandam gostar.

Ei, dê mais sinal de vida pra eu não me sentir falando com as paredes! rs

Elbert disse...

Fico pensando ainda se vai acontecer alguma "revoluçao". Sentar e envelhecer pra ver isso.
Um doc (na verdade um antigo programa da manchete) muito bom, é documento especial, se nao me engano o nome.
Em um dos episodios é " a imbecilizaçao da população" no caso é um programa mais voltado pro brasil e, no entanto estamos falando num nivel mundial..rsrs. Fica a dica ai.

E pode deixar Miguel!, estamos ai\o/

Forte abraço!

Miguel Andrade disse...

Elbert, há um documentário recente muito bom, que pode ser baixado livremente na web sobre a escravidão consentida de hoje.

Deixe tudo muito claro a estagnação atual. É confortável ter um senhor nos mandando agir.

Procure.

Outro abraço.

Elbert disse...

(Domorei, mas to aqui)

Miguel ce sabe qual o nome desse doc?

"Deixe tudo muito claro a estagnação atual. É confortável ter um senhor nos mandando agir." ... E tambem cansa pensar por si só.

Estamos ai!, inté.

Miguel Andrade disse...

Elbert, o nome é "De la Servitude Moderne". É de free download e tem legendas na nossa língua e tudo.

Discordo da visão mega radical que eles apresentam, mas a ideia central é interessante.

Elbert disse...

(fiquei sem net, mas voltei!)

Mucho obrigado miguel!, ja estou a procurar sobre.

Assim que darei minha opinião.

é nozes!

Elbert disse...

(fiquei sem, mas retornastes!)

Gratissimo Miguel, ja estou procurando sobre e assistirei em breve.

Assim que assistir lhe dou minha opinião.

é nois \m/o.O

Miguel Andrade disse...

Elbert, é bem radical em muitos aspectos, mas faz pensar.

Related Posts with Thumbnails