terça-feira, 9 de agosto de 2011

O homem que enganou o papa

Esse mundo era mais divertido quando havia mais mistério. Olha o caso do francês Léo Taxil que ficou mundialmente famoso por passar a PERNA no vaticano contando lorotas sobre a Maçonaria!

Em 1879, a justiça o condenou a oito anos por violar a moral ao atacar a igreja católica em jornal e livros. Escapou pra Suíça, regressando à França anos depois tomando proveito de uma anistia.

Foi recebido como Aprendiz na ordem maçom em 1885, abandonando o grupo um ano depois. Num caso pioneiro de manipular a mídia, se declarou convertido ao catolicismo que tanto havia agredido.

Passou a ser um autor anti-maçom, disposto a revelar todos os segredos seculares da organização em prol da religião católica. O mais conhecido deles (que perdura até hoje) é a ligação entre maçonaria e satanismo.

Segundo ele, os participantes adorariam um ídolo com cabeça de bode. Aproveitou a discrição maçônica para misturar antigas lendas medievais de bruxaria, como a negação de cristo e o beijo nas nádegas de um bode a trechos do culto cristão.

Com relativo sucesso comercial, seus livros causaram controvérsia principalmente entre o clero. Denunciado pelo bispo de Charleston como farsante, Taxil teve uma audiência com o papa Papa Leão XIII.

Talvez por ter boa lábia, sua reverência acreditou no escritor não no bispo! Não poderia haver nada melhor para que boa parte dos céticos o respeitasse.

Pressionado a apresentar provas, além dos depoimentos escritos de uma tal Diana Vaughan (que jamais apareceu), Táxil assumiu que tudo se tratava de uma fraude durante um conferência em 1897. O susto entre os presentes (incluindo representantes da santa sé) foi estratosférico.

Na ocasião ainda teria agradecido aos bispos e jornais católicos por terem contribuído com a principal piada: sua conversão ao catolicismo. E saiu pra tomar café na esquina, escoltado pela polícia, claro!

Faleceu dez anos depois aos 54 anos, com o nome posto na história de uma forma bem inusitada. Riria mais ainda se soubesse que suas mentiras perduram até os dias de hoje, 125 anos após ficar cara a cara com o Papa!

A primeira imagem é um oferecimento Pulp Mgazine.

Veja também:
Chung Ling Soo e seus 10 assistentes
Eu quero ser como Harry Houdini



24 comentários:

Diogo disse...

Eu não sei o que fazem na maçonaria (e esse bode da foto dá um medo danado ahahaha é o tal Baphomet)
mas nada mais católico do que ligar qualquer coisa que não se conheça com o satanismo.

ps: FHC é maçom sabia? medo ahaha

Miguel Andrade disse...

Diogo, Baphomet teria sido invenção do Léo Taxil! Hahahaha!

O medo da maçonaria vem daí também. Medo do mistério...

Essa é a maior história de "rir por último" que já conheci.

Leticia disse...

Querido Miguel, posso te deixar uma grande beijoca aqui?

Milhões e zilhões de felicidades!

Miguel Andrade disse...

Letícia, aqui? Com o bode e tudo? Hahaha

Obrigado! :^*

Diogo disse...

A capa da biblia satânica tem esse mesmo bode no meio de um pentagrama, por que bode? por que não um cordeiro? seria quase uma ironia blasfêmica haahhaa

Miguel Andrade disse...

Diogo, pelos chifres? Na idade média já era bode acho que pq os camponeses precisavam de leite.

Sem bode não há cabritinhos. Sem cabritinhos não há leite.

Refer disse...

A personificação do demônio em um bode deu-se no cristianismo, no princípio da Idade Média, pela influência da figura grotesca do deus Pan, da mitológico grega, que era representado com pernas e chifres de bode (visto ser ele filho de Zeus e de uma cabra).

O bode era usado nos antigos rituais pagãos na representação de deuses, além de ele também estar presente em rituais judaicos antigos, o que deve ter influenciado muito os cristãos na sua escolha, para personificar o demônio.

Miguel Andrade disse...

Refer, sim! E era um animal comum entre os camponeses.

Já viu Arraste-me Para o Inferno? Que medo do som daqueles cascos...

___________***_____________

Senhor Refer, que dia é hoje?

Refer disse...

10 de agosto, quarta-feira, acho. Não vi esse Arraste-me Para o Inferno, não.

Miguel Andrade disse...

Refer, e o que se comemora hoje? É quase um feriado nacional e você não sabe!!! D:

Refer disse...

Poots, desculpe, não sei mesmo. Sou meio desligado.

Miguel Andrade disse...

refer, agora já passou!

Leticia disse...

Ô, Miguel, meu anjo...

Falei aqui porque era o post mais recente.

Quem mandou você abordar o tema justo em dia tão especial?

Leticia disse...

Refer, foi o ANIVERSÁRIO do Miguel.

ANIVERSÁRIO!

Refer disse...

íssa (!)

achei que fosse alguma efeméride exótica...

tudo o que posso dizer é em forma de conselho: pare djá de aniversariar todo ano porque é exatamente a coisa que mais envelhece.

Miguel Andrade disse...

Letícia, não devia ter ajudado o Refer.

E olha já parei! Comecei a fazer aniversário de trás pra frente. Até 2015 poderei estrela Malhação.

Refer disse...

uai(!) Vc esperava que eu adivinhasse?

Não tenho bola de cristal. Melhor, tenho, mas está em manutenção.

Miguel Andrade disse...

Refer, to com tendinite de tanto agradecer aos "parabéns" no Twitter, ali ao lado. Como será que tia Letícia adivinhou?

Leticia disse...

Vi no Tuínter, bobinho. Sou péssima pra datas. Periga nem do meu em lembrar.

Miguel Andrade disse...

Letícia, viu! Tem uns aí que ficaram sem argumentos.

Refer disse...

Não leio aquela "conversa fiada alheia" no tuíter. Parece aqueles pedaços de papo que a gente ouve quando 2 tagarelas passam perto conversando... ou um, apenas, falando (alto) no celular.

Qual é? Sou um rapaz direito, tive até crédito na A Exposição (esquina da Av. São João com Rua São Bento)

Vc chama a Letícia de tia?

Miguel Andrade disse...

Refer, hahahahahaha! Posso provar que você lê sim!

Não, tem a letícia e a Tia Cris. São suas senhoritas.

O Bar do Tim disse...

Miguelito!!! "la Dolce Vita" mais viva do que nunca!!.. rs..
Parabéns.. tá show tudo isso aqui!..
Abraço!

Miguel Andrade disse...

O Bar do Tim, obrigado! :D

Related Posts with Thumbnails