sexta-feira, 5 de agosto de 2011

In memoriam: Andrea Souza e Silva

Nascida para ser feliz, a colunável Andrea Pereira foi surpreendida ao se encontrar apaixonada pelo milionário paulistano Antero Souza e Silva. Com décadas de diferença de idade, a união deu o que falar entre maldosos, mas o amor falou mais alto.

De gosto cinematográfico refinado, podia ser encontrada em cine clubes da cidade. Sua predileção era pelos filmes de Alfred Hitchcock, aos quais assistia enquanto anotava os detalhes mais interessantes em um bloquinho.

Infelizmente seu romance durou pouco. Graças a uma artimanha do destino, numa agradável tarde no Guarujá, a lancha dirigida pelo esposo para que Andrea esquiasse, explodiu ao chocar-se numa rocha.

Precocemente viúva, a jovem teve que ser muito forte. Contou com o ombro do prestativo motorista Athos e claro, da irmã Amanda Pereira Guerreiro, empresária do ramo do fitness.

Contar com a família foi imprescindível. Necessitou logo depois dos trabalhos do muito querido cunhado Rogério Guerreiro, conceituado advogado.

Talvez ludibriado por pessoas escusas, o pobre Antero não a prestigiou devidamente em seu testamento. Deixou toda sua fortuna a uma filha que ele não tem contato desde que nasceu, e portanto, já deve estar falecida.

Pra piorar, surge a suburbana Leonarda Furtado (vulgo Naná) disposta a se passar como herdeira. Só porque tem uma mancha de nascença (ainda não inventaram o teste de DNA) acredita estar apta a colocar as mãos em 100 milhões de dólares.

As coisas não foram fáceis como Andrea esperava. Sonhava em viver no caribe, mas descobriu ser possível ter pesadelos atém em lençóis de cetim.

Veja também:
In Memoriam: Isabela Ferreto


[Ouvindo: Sail On, Sailor - The Beach Boys]

11 comentários:

Leticia disse...

E eu lá sei que novela é essa? Só li lá nas tags: "Silvio de Abreu".

Mas eu devia estar em outra galáxia. Ficha técnica, please!

DAVI VALLERIO disse...

Diz que essa vai ser a proxima novela a ser estragada por um remake com nucleos adolescentes insuportaveis,atores pouco talentosos representando papeis de astros de outrora e figurinhas cansadas em papeis deja-vu...declinaram Guerra dos Sexos ou talvez vao misturar as duas...aposta quanto a Lady Kate vai ser a nova Tina Pepper,tipo Tina Gaga?

Miguel Andrade disse...

Letícia, Cambalacho, dos bons tempos do Silvio de Abreu. Uma das minhas novelas favoritas.

Davi, ah, que pena! Imagino a porcaria que vai ser feita.

Com tanta ideia boa, pra quê usarem estes originais do passado?

Edu disse...

Acho uma das grandes vilãs das novelas, raramente lembrada ou citada.

Miguel Andrade disse...

Edu, verdade! Ninguém lembra dela, em compensação lembram sempre de umas caricatas.

Leticia disse...

Obrigada, Miguel. Realmente, nem sei o que andava fazendo nessa época.

Miguel Andrade disse...

Letícia, ouvi isso aqui em casa também. Eu era pequetitinho, fã incondicional das novelas do Silvio de Abreu.

Olha que criança estragada...

Leticia disse...

Que nada, era só criança, e criança sabe TUDO de sua época. Me pergunta aí de novelas de 73, 74 que eu te digo. Se não lembrar de tudo, pelo menos é bem mais que novelas dos 90...

Miguel Andrade disse...

Letícia, isso é muito curioso. Crianças se agarram pro resto da vida ao que consumiram.

Leticia disse...

É que a cabeça está mais fresquinha...

Miguel Andrade disse...

Letícia, provável. Tudo achamos fantástico!

Related Posts with Thumbnails