quinta-feira, 5 de maio de 2011

Polaroides, replicantes e ovelhas elétricas

De uns tempos pra cá estas fotos caseiras (pouco comuns) de Blade Runner (1982 de Ridley Scott) desovaram de uma maneira no Tumblr que até fiquei curioso pra conhecer a origem. Elementar!

São do site pessoal da Sean Young! Moça descolada que se prezava no começo dos 80’s, andava sempre acompanhada de uma (saudosa) câmera Polaroid.

A dúbia Rachael pronta para ouvir Vangelis

“Eu vi coisas que as pessoas não iriam acreditar.”

Qual é a humana e qual é a replicante?

A melhor! Vi a carinha de desconfortável de Harrison Ford e lembrei logo da fama de difícil de Sean Young

Além destas, publicou uma montagem ridicularizando o ex-namorado James Wood. Após o namoro, ele entrou na justiça alegando ser vítima de “violência psicológica” praticada pela atriz, bafão comentado aqui antes.

[Ouvindo: S.E.X- Kay Martin]

21 comentários:

Refer disse...

Profissionalmente, a Polaroid ainda é usada.

D. Célia tem algumas caixas de filmes Polaroid guardadas na geladeira.

Miguel Andrade disse...

Refer, imagino que sim! Mas não mais por gente descolex como antes.

Leticia disse...

Como o Harrisson Ford tinha cara de boboca! Ainda bem que o tempo "lhe" passou.

Dino Napoleão disse...

Olá Miguel! sempre quando vejo Sean nessa personagem fico curioso em saber se esse visual é uma referência a Joan Crawford(que eu amo tanto,estou lendo uma biografia dela)acho o visual tão parecido inclusive as ombreiras e e pentado com a personagem Mildred Pierce.Sei que as ombreiras grandes viraram moda por causa de Joan e Adrian que resolveu salientar a silhueta,ele sempre achou lindo os ombros largos da atriz.O que você acha?
também quero saber a opinião do Refer e dos outros leitores.

Miguel Andrade disse...

Letícia, total! Hahaha

Dino, provavelmente. Ou não já que o visual de Adrian para Crawford foi moda na época.

Então, qualquer coisa com referência ao período ira esbarrar neles.

Qual o livro que você está lendo? Publicado aqui? Também quero!

Leticia disse...

Dino Napoleão, nos anos 80 qualquer criatura - desde a mais pop star até a secretaria mais apagadinha de Jandira, todo mundo usava um visu Joan Crawford.

Alguém teve a duvidosa ideia de recuperar essa moda na época.

Miguel Andrade disse...

Letícia, bem lembrado. Foi aí a primeira vez que ouvi falar em Joan Crawford.

Refer disse...

1ª vez que pedem 'minha opinião' neste fórum de araque.

Seguinte, Blade Runner é futurista, mas tem um viès anos 1940 (no décor e no figurino), é o maior charme do filme.

Harrison Ford em BR está a cara do Antonio Bivar. Vi BR com uma amiga. No dia seguinte, logo de manhã, encontramos o Bivar (que já era meu amigo, mas a moça não conhecia).

Ela pirou literalmente quando viu o Bivar. ('Meu Deus, é o cara do filme, é o cra do filme!)

Miguel Andrade disse...

Refer, humpf, primeira vez?

DAVI VALLERIO disse...

Eu acho chiquerrimo esse look anos 40.Quando vi a polaroide achei que fosse aquelas do Andy Warhol.E sobre o eterno gato Harrison Ford,ja ouvi falar que antes da fama ele era jardineiro da Sergio Mendes que viu que o rapaz tinha futuro...baixinha safada,sera verdade essa historia?

Miguel Andrade disse...

davi, já ouvi que ele era carregador de móveis também! Hahaha

Tudo pode ter ter acontecido! Ou nada!

Refer disse...

Harrison Ford era e até hoje é carpinteiro; foi descoberto trabalhando numa casa de praia de Herb Alpert.

Não sei como nem onde Sergio Mendes entra na história, mas deve ter a ver. SM e Herb Alpert são amigos desde sempre. A mulher de HA, Lani Hall, cantou durante anos no grupo de SM, que gravava na A&M, gravadora de HA.

Dino Napoleão disse...

Em Fevereiro comprei o box Coleção Joan Crawford com 3 dvds lacrados ainda com o plástico com os filmes:Humoresque,Fogueira de paixão(possesed),Os desgraçados não choram(The damned don't cry) apenas por 25 reais!!!,foi um colega jornalista que ia embora da cidade e vendeu vários títulos clássicos e ainda comprei pra um amigo o filme Os amores de Eva por dez reais, tudo novo tipo 10,00 reais e 5,00 reais.Fiz a festa,só não comprei mais pois fiquei sabendo da lista de dvds dele na segunda semana,ele já tinha vendido vários boxes:Bergman,alguns trash raros e clássicos.Mas consegui o box da Joan foi um presente,os box da Marilyn adivinha ele vendeu por 15 reais aqueles com 6 DVDs e lacrados,não consegui infelizmente.Mas tenho o box da Joan e causei discórdia entre alguns amigos por causa disso,alguns adoram Joan Crawford e sabe como é.
Ah adoro a Moda nos anos 40.

Dino Napoleão disse...

Miguel acabei de enviar um e-mail com novidades,olha lá e depois em conta!

Miguel Andrade disse...

Refer, e o que seria a música de elevador de hoje sem Herb Alpert e Sergio Mendes? Desconhecia que a gravadora era do HA!

Dino, nunca mais vi esse box a venda! Vou procurar! Comprei só Os Desgraçados Não Choram separadamente numa locadora de clássicos (!!!) que estava fechando. Não sabia que Humoresque,e Possesed fazem parte do mesmo box.

Consegui comprar o da Bette Davis não faz muito tempo. A gente via aos montes e agora sumiu também.

Pena que a Warner desencanou dos clássicos no Brasil. Era a melhor na área.

As capas lindas, bônus, etc.

Respondi seu e-mail quando acordei. Tava sonolento.

Refer disse...

A A&M tem esse nome por causa das iniciais dos nomes de seus sócios, A(lpert) & M(oss) — de Jerry Moss.

Tenho o 1º LP de Jan & Dean, editado em 1962, com fotos de Alpert na contracapa trabalhando na produção do disco em estúdio montado na garagem da casa dele. :)

Se existe um músico que os brasileiros podem se orgulhar, esse é Sergio Mendes.

Miguel Andrade disse...

Refer, com certeza. Uma legítima estrela internacional de alto quilate.

Dino Napoleão disse...

Miguel o pior é que aqui no Brasil só foi lançado esse box e lá fora na Europa e Estados Unidos existem a caixa com volume 2.Aqui só lançaram uma com apenas 3 dvds enquanto lá fora a caixa contém 5 e olhe lá já esgotou,um absurdo.

Volume1:Humoresque,Possessed,The Damned Don't Cry,Mildred Pierce.

No volume 2 os filmes:Torch Song,Strange Cargo,Sadie McKee,Flamingo Road,A Woman's Face.
Mildred Pierce eu consegui copiar de um amigo,Sudden Fear e Strait Jacket(amo!) e os boxes da Bette Davis lá fora tá no quinto volume aqui só saíram 2 outro absurdo nesse País a gente até se esforça pra fazer uam coleção digna aí descontinuam.saiu uma versão colorizada de Mildred Pierce,eu gosto da versão em preto e branco.Tô procurando Johny Guitar pra minha coleção e Autumn Leaves versão nacional que eu vi.

Miguel Andrade disse...

Dino, esse Mildred Pierce que está saindo é colorizado? COMO ASSIM?

Quem seria a mula que teve a idéia de colorizar um filme NOIR? Que triste!

Tenho Johnny Guitar de uma daquelas distribuidoras pequenas (Cult Classics), de produtos duvidosos. Te digo sem modéstia que o menuzinho que eu tinha feito pro que baixei da internet era mil vezes mais elegante que o do disco que comprei.

Tanto The Damned Don't Cry quando Strait Jacket comprei daquela tal locadora aqui perto que estava fechando. Ironia das ironias, alguns anos antes eu tinha alugado Strait Jacket e copiado. Rs

Nem imaginava que aquele mesmo DVD seria meu no futuro!

To pensando agora que eles deviam ter lá os outros do box. Cheguei tarde lá. 10 Reais cada o povo que foi antes se lambuzou.

Catei o que tinha dos clássicos distribuidos pela Warner.

Aliás, a Warner parou de lançar seus clássico no Brasil. Encontro alguns nas Americanas, mas bem esparsos e nada dos gangsters o Bette Davis.

Igres Leandro disse...

Legais demais!

Quando eu assisti pela primeira vez Blade Runner, me apaixonei imediatamente pela Sean Young.

Miguel Andrade disse...

Igres, gélida daquele jeito? Uau!

Related Posts with Thumbnails