segunda-feira, 25 de abril de 2011

Exportação de amor

Tenho descoberto coisas curiosas, irritantes e também divertidas observando comentários de desconhecidos em páginas obscuras. Encontrei o seguinte comentário nesse vídeo da abertura da novela Louco Amor (1983):

“NOSSA!! Sempre procurei a musica dessa novela mas nunca tinha achado. Imagina, eu só tinha 5 anos assistindo essa novela traduzida ao espanhol nos EEUU (sou hispano) e fique tão impressionado pela paixão que os brasileiros demostravam nessa novela que ate falei pra minha mãe, algum dia vou casar com uma brasileira!! 27 anos depois realizei meu sonho. Casei com a morena brasileira mas linda que eu já vi. (...).”

Uma legítima história de amor que atravessou continentes e o tempo. E com as bênçãos do tio Gilberto Braga ao som de Gang 90 & Absurdettes! Isso é coisa de novela.

[Ouvindo: Mande Um Abraço Pra Velha – O Mutantes]

10 comentários:

Igres Leandro disse...

Hahaha. Eu, quando criança, vivia repetindo que ia casar-me com uma japonesa, mas isso só pelos tokusatsus da manchete. Acho que desisti da ideia hoje em dia.

Miguel Andrade disse...

Igres, eu dizia a mesma coisa que você também. Veja só!

Ricardo A.M. disse...

Peralá, é complô? Eu era fascinado em japonesas até a minha adolescência...

Mas em relação ao post: e pensar que eu bati o olho e o "Exportação de amor" me remeteu à famigerada canção "Entra e sai de amor". Meu cérebro não deve estar muito bem hoje...

Miguel Andrade disse...

Ricardo, todo moleque acha que basta gostar de mangá que vai casar com uma japonesa! Hahaha

Qual é Entra e sai do amor?

Refer disse...

Ganhei de vocês... Mesmo sem ser esteta, gosto da estética japonesa desde petiz;...e sou casado com uma beldade 'japonesa' nissei há mais de 25anos.

* *
Saudades imensas do Julio Barroso e da May East (a Absurdette loiríssima; está morando no interior da Escócia há uns 20 anos). Ah, a falta que essa gente me faz.

Miguel Andrade disse...

Refer, é! Quando entraram nessa seara, lembrei do senhor, casadíssimo com a jaspioneza.

Vi uma vez na TV. É a May East que agora mora dentrod e um barril de Whisky?

Ricardo A.M. disse...

Miguel, "Entra e sai de amor" foi uma música do Altay Veloso, que fez parte da trilha sonora da novela Roque Santeiro (e tema do romance entre Padre Albano e Tânia, a filha do Sinhozinho Malta... Vixe, tô indo longe, rs). A letra era "Baby... a emoção me trouxe aqui..." e por aí ia. Procura aí que você acha facinho.

Ah, sim: lógico que a música fez mais sucesso por conta do título, obviamente.

Miguel Andrade disse...

Ricardo, como fui esquecer disso? Vou procurar.

Dessa trilha só lembro de Mistérios da Meia Noite, Dona e o tema da abertura.

Refer disse...

Como vc sabe dessa história do barril de uísque?

Há muito tempo, a May me mandou uma foto da comuna onde ela morava (ou ainda mora, não sei bem).

Supertalentosa. Para mim, foi quem inventou a 'world music'.

aqui, 'Maraka':
http://www.youtube.com/watch?v=5pRrkK6ewMo

Miguel Andrade disse...

Refer, vi na TV, acho que Gazeta, não lembro mais. Aquelas coisas que eu detesto "Por onde anda?".

Related Posts with Thumbnails