domingo, 24 de abril de 2011

Dramático mundo onde viviam os adultos de hoje

A revista Doçura era distribuída nos supermercados Pão de Açucar no começo dos anos 80. Se autodenominava “Revista Brasileira de Culinária e do Lar”.

Então, pelas chamadas da capa dá pra ter uma noção dos interesses domésticos no começo daquela década. As trivialidades de sempre.

Estética, famosa falando da vida privada, o futuro das crianças. Em termos de economia, promete ensinar o melhor jeito de “passar a perna no seu banco”! Oi?

Tem ainda matéria sobre Fernando Ramos Silva que com 12 anos foi selecionado para viver o Pixote no filme que colocaria Hector Babenco no mapa. Há dois textos curtos intitulados “Fernando, quase Pixote” e “Pixote, quase Fernando”...

Débora Duarte assumindo que não sabe ser mãe das pequenas Daniela e Paloma. Acabaria sogra do Oswaldo Montenegro.

[Ouvindo: Walking in Memphis - Cher]

8 comentários:

Leticia disse...

É, acho que a pior desgraça mesmo foi ser sogra do OM. Parece que não penou muito.

Miguel Andrade disse...

Letícia, não mesmo. Foi tudo bem.

Leticia disse...

Explico melhor: parece que não penou muito tempo. Quando a filha viu realmente do que se tratava, caiu fora.

Miguel Andrade disse...

Letícia, sim! Mas a guria é talentosinha e tudo. Tá contratada do Bispo, mas por opção, creio eu.

Leticia disse...

Será? Só se ganha mais por lá...

Ela é uma menina boazinha. Mas o OM ficou bem xarope. Mais do que era, não?

Miguel Andrade disse...

letícia, e é protagonista. Ao invés de investir em suas próprias estrelas, a emissora do bispo tem essa visão "mega inteligente" de reaproveitar o que a Globo não quer.

Leticia disse...

E o SBT tb. Aquela novela A&R é um baú de ossos.

Miguel Andrade disse...

Letícia, o SBT vai no refugo do refugo na hora de formar elenco! Hahaha!!!

Com tanta gente talentosinha no teatro esperando uma chance na TV. Bastava contratar 1 ou 2 rostos conhecidos.

Related Posts with Thumbnails