terça-feira, 8 de março de 2011

Na boca do povo!

Se Astro Boy fosse personagem de quadrinhos ocidental, não faltariam teorias psicológicas analisando sua forma de levar óleo. Como qualquer robô, claro que precisa ser lubrificado vez ou outra...

Nas juntas, de preferência, via anal ele deve ser único. Pobre Osamu Tezuka! Por muito menos bocas de Matilda falam de Walt Disney ou de Bob Kane, né?

Como às vezes ele tem um foguetinho no bumbum, pode ser apenas combustível. Bumbum em chamas por combustão, evidente.

O Craked.com listou outros quatro momentos infames dos HQs. Nenhum se compara a este!

[Ouvindo: Lust For A Vampire– Harry Robinson]

4 comentários:

Alex Gonçalves disse...

No recente longa-metragem americano do personagem eles vetaram qualquer possibilidade de introduzir/retirar algo na traseira do pobre ser meio humano, meio androide.

Miguel Andrade disse...

Alex, assisti com uma dublagem do Rodrigo Faro. Uma pena. O personagem ficou super bichinha.

Alex Gonçalves disse...

Eu pude assistir com a dublagem original em inglês. E a melhor "interpretação" de Nicolas Cage em muito tempo. =P

Miguel Andrade disse...

Alex, não duvido!

Related Posts with Thumbnails