domingo, 20 de fevereiro de 2011

Insustentável leveza

E olha aí eu engolindo minha ironiazinha quanto ao peso desses televisores “portáteis” de antes. Pelo menos os daí podem ser erguidos por balões... Pra alguns padres poderem acompanhar a novela!

O povo tinha uma fixação por TVs portáteis, não? No mínimo era pra levar aos piqueniques e rebus em geral... Como se as analógicas pudessem sintonizar em qualquer biboca.

Na verdade, só nos interessa o peso da TV na hora de joga-la fora. Se você não for um entregador, lógico!

A imagem é um oferecimento Visualretro

[Ouvindo: Like cats– Bear]

6 comentários:

Leticia disse...

Inventaram essa coisa de portátil, acho eu, porque até então os eletrodomésticos era um trambolho.

Daí passaram a ser trambolhos com alças, o que seduziu a classe média-baixa em ascenção nos 60.

Mas foi nessa época que inventaram as tevês pequenininhas em cores quentes, coisa que não existe mais.

Agora os pobres em ascenção preferem o black piano de duzentas polegadas pra pendurar na parede sem reboco. Dá um ar arrojado e high-tech ao ambiente.

Miguel Andrade disse...

letícia, mas como artigo de luxo, era bacana ter TVs gigantes na sala. Estas de alcinha devem ter sido mesmo pra seduzir a a classe média-baixa em ascenção nos 60.

Puxa, verdade! Quando viemos pro Brasil, uma amiga da minha mãe emprestou uma cor de abóbora. LINDA, mas já era velha.

Depois, minha primeira TV foi cinza, sharp. A casa da Tia Celina tem uma igualzinha.

Black piano de duzentas polegadas full HD pra assistir Tela Quente, novela, BBB e A Fazenda!

Fevereiro 21, 2011 12:07 PM

Leticia disse...

É. Você tem razão. Havia inxcrusive a esperança de ver mais coisas no estúdio (além do enquadrado) se a tevê fosse maior.

Mas havia valor na miniaturização da coisa, sim. Casas encolhendo, aumento de viagens de carro, etc.

Nós tivemos uma cor-de-abóbora tb! Será o mesmo modelo? Papai mandou a tevê pra consertar e o homem da oficina mandou essa pra quebrar um galho. Acabou ficando com a gente.

Miguel Andrade disse...

Letícia, não deixavam de estar corretor. TV cortam bastante as bordas.

Das coisas que lembro do meu pai está o sonho dele em ter uma TV pequenininha. puxa, a gente tem TVs pra tudo quanto é lado.

E o destino da abóbora era ser emprestada pelo jeito. O seletor de canais era uma bola que fazia tec, tec?

Leticia disse...

Cortavam, mas não tanto. Uma vizinha da gente queria ver absolutamente TUDO fora do enquadramento.

O seletor de canais era, sim, um chapeuzinho que fazia tec-tec. Antes dessa, tínhamos outra cujo seletor quebrou e, graças à distração de meu pai, ficamos décadas mudando de canal com um alicate.

Miguel Andrade disse...

Letícia, mudar de canal com alicate por anos! Hahah

Related Posts with Thumbnails