segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Pausa para nossos comerciais

Duas maneiras de ter pizza em casa – Mistura Santista

Duas? Lembrando que até pouco tempo telefones eram artigo de luxo no Brasil, o que pode explicar a ausência da terceira opção: ligar ao Disk Pizza!

E acho uma graça o texto deste anúncio. A primeira opção é o pobre marido ter que sair de casa pra comprar pronta enquanto a família espera.

A outra é a escrava do lar ir emporcalhar a cozinha toda e esquentar o bucho no fogão... E feliz por dar o melhor à sua prole.

Depois quando eu digo que apesar dos pesares não há época melhor no mundo que esta nossa, há quem duvide. De avanços da medicina a uma prosaica pizza!

[Ouvindo: Still on the Road – Rosemary Clooney]

12 comentários:

Leticia disse...

Pizza feita em casa era farinhenta de doer. Pelo menos no Rio.

E por cima, ketchup e mostarrrrrrda!

Miguel Andrade disse...

Letícia, lembra de uma pizza de sardinha bem popular antes? Feita em casa, em forma quadrada... Mmmmm Deu saudade.

Refer disse...

Acabei de comer um pedaço de pizza que dona Célia pediu na Pizzaria Urca, feita pelo genial pizzaiolo Lima — um dos ídolos máximos dela, ao lado de André Kertéz e Marcel Duchamp (ela tem isso registrado no Facebook a sério, juro por deus)

Miguel Andrade disse...

Refer, e a gente associa Urca com tudo, menos a pizza. O rapaz deve ser bom mesmo então...

Refer disse...

É coisa de portuga — saca a 'arte moderna portuguesa' expressa naquelas maravilhosas pinturas sobre ladrilhos que se vê em padarias? Que misturam o Tejo com o Cristo Redentor? Lisboa com Viaduto do Chá? Então, Pizzaria Urca é por aí. :D

Miguel Andrade disse...

Refer, hahaha Mais bizarro ainda! Português faz alheiras, não pizza!

Morei ai do lado de uma pizzaria em que o pizzaiolo era alemão! Suas pizzas eram um capricho na pimentinha! Mmmm

Leticia disse...

Não, Miguel. Acho que nunca comi uma pizza de sardinha. Acho que não ia gostar da mistura, não.

Refer, tô lembrando do grande Newton Bravo, artista dos melhores e especializado nessas junções portuguesas lá no Rio. Era vizinho nosso.

Miguel Andrade disse...

Letícia, na verdade não era beeeeeeeeem pizza. Em Itapeva demorou até as pizzarias serem comuns.

Haviam 2 ou três. Daí o povo fazia suas pizza em casa. Quase aquelas tortas de liquidificador.

Paul disse...

aqui no sul e muito comum essas pizzas quadradas de sardinha, até hoje nas festinhas ainda servem

Miguel Andrade disse...

Paul, Itapeva fica ao sul do estado de SP. O povo toma até chimarrão.

O hábito das pizzas quadradas deve ser daí também. Mmmmm!!!

Glauco disse...

Miguel, lembro bem dessas pizzas quadradas de sardinha! Tinham em qualquer festinha de aniversário nos anos 80 e 90.

Miguel Andrade disse...

Glauco, a sardinha ficava bem ressecada! Ai que vontade! Se bem que morro de preguiça de sardinha em lata!

Tem que abrir, limpar... blablablá!

Related Posts with Thumbnails