quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Olho que tudo vê

Não sou dos que ficam procuram lógica em tudo. Como se sabe, muito menos na ficção...

Mas uma coisa me deixa em parafuso, me desconcentra da trama central, me fez voltar há realidade! Monitores que transmitem nitidamente tudo e de vários ângulos!

Isso desde pequenininho, ou seja, desde o super computador na Sala da Justiça dos Superamigos. A coisa ta rolando lá nos confins do universo e pá: Eles acompanham tudo!

Bola de cristal ainda vá lá, mas tecnologicamente falando? Sem câmeras nem nada?

A ficção vive um eterno 1984 desde sempre. Antes, muito antes deste milagre ser possível. Se é que será possível algum dia...

A foto é um oferecimento Space Monster

[Ouvindo: Sukidakara - Nobora Inoue]

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails