segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Vale tudo sempre!

A novela Vale Tudo regressa hoje (04) à TV brasileira. Marco da teledramaturgia produzida pela Globo em 1988, lamentavelmente será exibida apenas no canal pago Viva, às 0h45 com reprises no dia seguinte às 12h.

Não duvido que se fosse exibida em emissora aberta não seria sucesso novamente. Como iria bem ali, antes ou depois do Jô.... Ou quem sabe no lugar dele!

Escrita por Gilberto Braga, a trama movimentou o Brasil em seus capítulos finais quando a maquiavélica Odete Roitman (Beatriz Segall) é misteriosamente assassinada. Cássia Kiss, presente ao programa da Astrid Fontenelle na semana passada, garantiu que na época não foi gravado outro final.

A trama discutia sobretudo o hábito nacional de querer se dar bem, não importando à custa de quem. Revi uma das últimas cenas não faz muito tempo no You Tube.

Raquel (Regina Duarte), brada que um dia mudará essa realidade do país em que os ricos se safam e os peixes miúdos vão em cana. 22 anos depois, a gente sabe que o Brasil ainda não mostrou sua cara.

O texto do próprio Braga escrito em parceria com Leonor Bassères e Aguinaldo Silva é não mais do que genial! Ainda se inspiraram no melhor do melodrama clássico para compor a novela.

Segue abaixo lista com apenas quatro filmes identificáveis, mas devem existir muitos outros.

Almas em Suplício (Mildred Pierce, 1945 de Michael Curtiz) – O argumento principal vem daqui. Moça ambiciosa faz de tudo para não ser pobre entrando em conflito a boa índole da mãe. Esta “se matará” na cozinha do restaurante para ascender socialmente de forma honesta e mesmo assim ouvirá da filha que cheira a gordura!

Palavras ao Vento (Written on the Wind, 1956 de Douglas Sirk) – Rica herdeira sem afeto familiar compensa se entregando ao álcool. Bêbada, muitas vezes seus parentes precisam encontrá-la em bares, se envolvendo com homens erradas.

Aguinaldo Silva já comentou em seu blog ter vindo daqui a idéia para Heleninha Roitman (Renata Sorrah). Inclusive aquela cena bem popular no You Tube, onde ela dança um mambo enquanto seu mundo está em ruínas.

O Anjo Azul (Der blaue Engel, 1930 de Josef von Sternberg) – Professor honesto se apaixona perdidamente por garota de cabaré com péssimas intenções. Cego de amor irá conhecer o inferno.

Ai há uma ironia na trama da novela. O fiel mordomo Eugênio (Sérgio Mamberti) vive citando literalmente este filme pra cá e pra lá, sendo que o rico e bom moço Afonso (Cássio Gabus Mendes) também terá dissabores por amar a mau caráter Maria de Fátima (Gloria Pires).

Silvio de Abreu, autor da atual das 8 da Globo, revelou em entrevista à Marília Gabriela que a base para Passione também é este filme. A paixão sobe todos os erros do ser amado.

Amar Foi Minha Ruína (Leave Her to Heaven, 1945 de Leave Her to Heaven) – Claro que Maria de Fátima teria algo da mais vaca de todas as vacas que o cinema já mostrou. No caso, de como se livrar sozinha de uma gravidez indesejada.

Elle (Gene Tierney) pula da escada, para perder o bebê, assim como a vilã brasileira quando descobre que o marido é estéril. Só que a nossa faz isso em grande estilo, nas escadarias do teatro municipal carioca.

[Ouvindo: Ain't Nobody Straight In L.A. – The Miracles]

18 comentários:

DAVI VALLERIO disse...

TO CONTANDO AS HORAS PRA COMEÇAR ESSA REPRISE,ACHO QUE VOU COLOCAR ATÉ SMOKING...VEIO MUITO A CALHAR ESSA REPRISE PRA MIM,POIS EU ESTAVA BAIXANDO DANCIN' DAYS E JA ESTAVA TRISTE QUE TAVA ACABANDO...VOU TENTAR ASSISTIR TODOS ESSES FILMAS,OBRIGADO MIGUEL YOU ROCK!

Miguel Andrade disse...

Davi, opa, estamos aí...

Eu comecei a baixar vale tudo mas fui desencanado no meio do caminho. Agora com DVD que lê Avi, programinha que cuida da lista de links, coisa e tal, quem sabe eu me animo.

Não tenho este canal! D:

DAVI VALLERIO disse...

AH MIGUEL,LEMBREI TB DA CITACAO DE GIGOLO AMERICANO COM O PERSONAGEM DO RICELLI...INCLUSIVE ATE REPRODUZEM AQUELA CENA QUE O GERE FAZ ABDOMINAL COM OS PES PRESOS,DE PONTA CABECA,NO BATENTE DA PORTA,MAS SE NAO ME ENGANO,NAO E O RICELLI QUE FAZ,MAS AQUELE OUTRO ATOR QUE SUMIU...

Moses Aron disse...

Aprendi a gostar dessa novela! Que na minha opiniao é um grande humoristico, do lado de tv pirata e os normais!!!

os filmes são mais que perfeitos!!

Leticia disse...

Grande novela, num tempo pré-diluição da audiência. Deixou um punhado de ícones referenciados até hoje, como a banana que Reginaldo Faria deu no aeroporto ao fugir do país, a adjetivação dos nomes de Maria de Fátima e de Odete Roitman.

E vender sanduíche na praia, todo mundo fingiu que era coisa digna...

O Brasil mudou, mas só um pouco. Hoje (e estou sendo otimista) se tem mais consciência que a safadeza nacional não é exatamente coisa de rico. Mas o preconceito ainda é grande. Como é o assunto do momento, recorro: tenho a impressão de que a era Lula retardou um pouco a abertura de consciência de que há ricos honestos e pobres safados.

Um dia, quem sabe, a gente se livra dessa infantilidade.

Pri[s] disse...

Sou Team Xica da Silva como melhor novela já feita! rs

Até minha geração que nasceu depois da novela ter terminado sabe quem foi Odete Roitman. Diva maior de todas as vilãs! Lembro que li uma vez sobre uma versão mexicana de "Vale Tudo" onde a personagem se transformou em "Lucrecia Roitman" porque o nome Odete não funcionava como vilã pelas bandas mais apimentadas da America do Norte.

Miguel Andrade disse...

Davi, deve ser. Nunca vi esse filme, mas ele era bem famoso na época.

Moses, e me espanto como eu lembro bem dessa novela ainda!

Mas era perfeita e acho super atual. O país socialmente mudou quase nada de lá pra cá!

Letícia, muita coisa me marcou, como a Lilia Cabral ficando rica e gastando tudo em ficar famosa, a Maria Gladys grosérrima falando "Que pão de pobre sempre cai coma manteiga pra baixa!" Hahaha

Ando cada vez mais desesperançoso com isso aqui, viu? A ponto de ficar insuportável.

Muita gente sacana por todos os lados. Não sei, não consigo e nem quero lidar com eles.

Pri[s], esse remake Vale Todo foi um assombroso fracasso! Diz que os mexicanos ficaram passados com a dessacralização da figura materna!!!

Linda Carioca disse...

Poxa, essa novela mostrará que nada mudou... e nunca mudará, infelizmente. Lembro até hoje do final da novela, sabia ?

Eu adoro essa novela !Beijos !

Miguel Andrade disse...

Linda, o final é bem marcante mesmo! Beijos!

Rafael disse...

Esse post ficou a cara do personagem do Sérgio Mamberti que sempre faz um analogia com os filmes antigos (Eugênio, se não me engano).

A novela foi ótima mesmo. Elenco precisamente escalado.

Miguel Andrade disse...

Rafael, sim, Eugênio!:)

Leticia disse...

Sabe que por sua causa acabei vendo esse primeiro capítulo, né, Miguel?

Como o Brasil de pouco tempo atrás (pra mim é ontem) era pobrinho, não? Até a produção da Globo era chinfrim, oc cômodos pequenos. Mesmo assim, era o melhor que tínhamos...

Miguel Andrade disse...

Letícia, os cenários todos em tons pastel! Hahaha

Leticia disse...

Esqueci de ver ontem... O que sei é que Raquel foi assaltada. Retomo hoje....

(E o telefone ENORME com uma antena FÁLICA no apartamento surubento do Ricelli?)

(E o Farias abusando de mostrar um controle remoto? Háháháháhá!)

Miguel Andrade disse...

Letícia e a outa que costurou um bolso na calcinha? hahahahaha

Tinha algo mais relevante pra te falar.... Pensei agora de tarde, mas esqueci!

Fica pro capítulo de amanhã! hahahaa

Leticia disse...

Não vi de novo. Caí morta na cama. Mas oportunidade não faltará...

Carol B.T. disse...

Sempre quis ver essa novela, e alguns meses atrás comprei os dvds de um cara no orkut que confecciona boxes muito bonitinhos, de longe até parece produto oficial... qualidade de imagem bem boa também! Não imagina a minha cara qdo minha mãe veio contar da reprise no Viva...
Mas não me arrependo, com os dvds sempre emendo uns 3 capítulos ao menos e já passei da metade! O casamento da Helena e Ivan já está em crise, e a Fátima grávida enlouquecendo a Celina... kkk
Novela como nunca mais teremos...Vc só esqueceu de "A Malvada" aí nas referências, adoro qdo o Eugenio se refere a Fatima como Eve Harrington! :D

Miguel Andrade disse...

Letícia, faltará só depois de 200 tralalá dias! Haha

Carol, não acho que fez mal negócio não. Bem cômodo ter os DVDs para rever.

Não cabia A Malvada na lista porque não há referência na trama. O Eugênio cita muitos filmes.

Related Posts with Thumbnails