quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Superman Vs. Clark Kent

Pode fazer mimimi à vontade! Esse confronto entre o ego e o id em Superman III (1983 de Richard Lester) é a melhor sequencia já filmada com um super-herói originário dos quadrinhos.

O resto do filme esbarra entre o humor à la A Praça é Nossa e sorvete de casquinha na testa, mas e daí? Tem esse momento brilhante a ser aplaudido.

Sem falar que Christopher Reeve do mal, ainda por cima com barba por fazer, não é de se jogar fora. VISH!


10 comentários:

Linda Carioca disse...

Pra mim, ESSE é o super homem !

Miguel Andrade disse...

Lida, TOTAL, total!!!

Glauco disse...

Reeve nunca foi de se jogar fora, rsrs.

Miguel Andrade disse...

Glauco, mas tá melhor aí!

Leticia disse...

Também pra mim, Christopher Reeve nunca foi de se jogar fora, até o dia em que a mulher dele cismou de não jogá-lo fora.

Acho a história de abnegação bonita, e tal, mas para moá tudo acabou ali, naquela imagem triste.

Miguel Andrade disse...

Letícia, mas ele sempre me pareceu muito bom moço.... Correto demais.

Leticia disse...

Sim, sim. Mas nenhum bom-mocismo resiste a um final tão melancólico.

Miguel Andrade disse...

Letícia, tadinho! Pra mim ele é o Super definitivo.

@davienghaw disse...

Esse roteiro é muito bom, mas o filme foi muito mal dirigido, um desperdicio ao talendo de Richard Pryor.

Miguel Andrade disse...

Davien, muito mal executado de uma forma geral. Revi todos os 5 Superman na semana que passou e é gritante que nos 4 primeiros os efeitos foram decaindo com o passar dos anos.

Principalmente os cabos que o faziam voar vão ficando cada vez mais evidentes. Ahá!

Related Posts with Thumbnails