terça-feira, 5 de outubro de 2010

Sexy zen

A intrépida Brigitte Montfort em Quando Buda Sorri, outro pulp de Lou Carrigan para a ZZ7. E que título para uma histópria de mistério policial!

Antes era moda ter buda de louça decorando as casa. Acho que como a superstição mandava deixá-lo virado de costas pra a porta de entrada, nunca reparei no tal sorriso, ou levei em consideração.

Pela quantidade de resultados no Google, acho que só eu mesmo ainda não tinha me atinado da expressão alegre, que difere de outras imagens religiosas. Achei boa a explicação do blog Para Ser Zen: “Ele consegue sorrir para o sofrimento porque sabe lidar com ele e transformá-lo.”

[Ouvindo: Seventeen - Ladytron]

0 comentários:

Related Posts with Thumbnails