terça-feira, 12 de outubro de 2010

Gatuno de cenas

“Animais e crianças são os piores atores para se contracenar. Invariavelmente chamarão mais atenção”. Se não me engano, frase atribuída a Bette Davis, mas estou com preguiça de procurar confirmação.

Esse gato no colo de Marlon Brando no começo do primeiro Poderoso Chefão (The Godfather, 1972 de Francis F. Coppola) é um belo exemplo. Impossível não prestar atenção muito mais nele do que nos diálogos.

Gatos são ariscos por natureza. O único animal que o homem convive sendo mal domesticado, preserva todo um mistério selvagem mesmo fofo, muito fofo.

Como o ator era conhecido amigo de animais, principalmente gatos, pensei que fosse seu. Bichanos à vontade em colo de estranhos é coisa bem difícil de ver.

O do filme fica derretidíssimo, brincando à vontade enquanto Don Corleone demonstra todo seu poderio para quem lhe pede favores. Brando por alguns segundos chega a esboçar um sorriso olhando pra ele.

Coppola explica quem é a figurinha na faixa de comentários do DVD. Ele o encontrou perambulando pelo estúdio e teve a ideia de incluí-lo na sequência.

Não estava previsto no roteiro, tanto que ele não aparece mais no restante da película. O que o torna bem mais surpreendente já que nem adestrado era.

Ta pra acontecer caso melhor de quem aparece fazendo uma mísera ponta, sem texto e rouba a cena. Embora tenha continuado anônimo, acabou até aparecendo em um dos pôsteres do filme.

[Ouvindo: In Your Season – Mutant Monster Beach Party]

14 comentários:

Raquel disse...

Miguel,

gato lindo mesmo é da segunda foto!

Donnie, aqui em casa vai ficar com ciúmes...

Miguel Andrade disse...

Raquel, o branquinho ou o que sabe datilografar?

Glauco disse...

Até eu ficaria mansinho no colo de Brando, mesmo em 1972.

Miguel Andrade disse...

Glauco, só no rabinho daqui pra lá?

Glauco disse...

Hahahahahahaha! Miguel, fiquei ruborizado, juro...

Miguel Andrade disse...

Glauco, duvido! Hahahaha

DAVI VALLERIO disse...

o MARLON em 72 ja tava meio caido mesmo ou ele tava usando aqueles algodoes na boca,tipo Kiko do Chaves?

Miguel Andrade disse...

Davi, as duas coisas! Hahahaha

Não acho tão caído assim. Mas estava com os algodões.

Glauco disse...

Até por que em 1972 ele também fez O Último Tango em Paris e estava bem melhor que em O Poderoso...

Miguel Andrade disse...

Glauco, ele está forçadamente envelhecido nesse filme. Tipo Bette Davis em Baby Jane.

Glauco disse...

Exato!

Miguel Andrade disse...

Glauco, ;)

Raquel disse...

Ara... que pergunta! Ambos.

Miguel Andrade disse...

Raquel, Concorrência desleal! hehhehe!

Related Posts with Thumbnails