sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Da difícil arte de ser fã

Débora Bloch e Fernanda Torres em foto promocional da peça Duas Mulheres e Um Cadáver. Coisa fina! Sob as lentes de Bob Wolfenson, célebre fotógrafo de xoxotas.

E olha... Nem eu sei o que espero das pessoas que gosto. Essas duas aí, por exemplo!

Desde Ana Machadão, sempre achei a Débora Bloch umas das mais competentes atrizes do Brasil. No TV Pirata, qualquer quadro com ela era gargalhada na certa!

A mãe da outra é a Fernandona, uma das raríssimas atrizes do mundo a ser indicada ao Oscar de atriz não falando inglês. Fernandinha não fica atrás!

Figura ímpar da década de 80, papou a Palma de Ouro como melhor atriz em Cannes 1886! Prêmio que já laureou gente como Bette Davis e outras tantas fabulosidades da arte de interpretar.

Dai ambas conseguem seu lugar ao sol com o reconhecimento nacional. E passam a me dar PREGUIÇA!

Da primeira nem tanto, fora novelinha horrorosa (do tipo Glória Perez) que andou topando... A segunda precisou participar de seriado cômico pra ser reconhecida pelo povão.

Tive um arrepio quando a vi no trailer qualquer nota do filme Os Normais 2. Precisava disso?

Faz parte de uma panelinha tipicamente nacional, formada por artistas com bons amigos na imprensa. Daquelas patotatas que bastam apertar um botãozinho pra receber salva de palmas seguida por berros de “Genial”!

Mas como eu disse, não sei o que quero. Também ficaria bem aborrecido se soubesse que elas estavam à míngua, morrendo de fome...

A imagem menor é um oferecimento do site pessoal de Fernanda Torres

[Ouvindo: Vou sambalancar – Jackson do Pandeiro]

7 comentários:

Glauco disse...

Miguel, também morro de preguiça de alguns trabalhos delas, mas acho que estão em um patamar bem acima da maioria. Elas são de uma geração que precisa do atestado "ser estrela global", por isso, dá-lhe novelas e seriados.

DAVI VALLERIO disse...

Debora Bloch tb era uma das minhas preferidas do TV PIRATA,achava genial ,continua boa atriz pra caramba mas sei la,hj em dia ela me da a impressao que ta mais interessada nos cosmeticos e encher o saco da figurinista...o desejo de ficar bela aos 50 superou ao de atuar...a TORRES,tb e inegavel o talento,mas tem um jeitinho de carioca folgada que me da preguica...muita preguica....Vamos esperar a CLAUDIA ABREU ficar chata tb

Miguel Andrade disse...

Glauco, sim! Não nego de forma algum o talento de ambas...

Davi, ah vá que a Débora Bloch já tem 50! Hahaha

Moyses Ferreira disse...

meninos, existe vida além da globo? não! ser artista no brasil é ser global, se não for, não é nada. essa é a nossa realidade. amo fernanda torres. ela inteligente como é, fez p certo, deixou esse papo de atriz séria de lado e se entregou ao povão, ao brasil, a verdade. e assim ficou mais rica ainda!

todos queremos isso, ou não???

Miguel Andrade disse...

Moyses, todos queremos ser ricos como objetivo de vida? Ponto e virgula.

Voltando a Fernanda, pobre ela nunca foi. Bem relacionada, com as portas abertas desde que veio ao mundo poderia muito bem (também) explorar caminhos menos óbvios.

Enfim, com humor sorvete na testa até um macaquinho de circo consegue ser reconhecido pelo povão. Quero ver ela continuar sendo aplaudida com trabalhos relevantes.

Regina Casétização da geração delas é algo a se pensar. Apostam que o povão só quer saber de fubá.

Pode até ser que estejam certas, já que dando o fácil estão endinheirando, mas não é coisa que sou obrigado a aplaudir nem nada. Aliás, nem me interessa saber que existe.

Valéria Torres disse...

Como assim a Fernanda Torres te dá preguiça? Ela é uma das maiores atrizes que temos no Brasil, e não é de hoje. A mesma vem provando que não está pra brincadeira desde Inocência. Discordo plenamente da sua opinião, e exalto que, para uma pessoa de nível "normal" de cultura, é impossível ter preguiça de assistir os trabalhos da Fernandinha., muito pelo contrário, dá prazer vê-la atuando.

Miguel Andrade disse...

Valéria, tanta preguiça da Fernanda Torres quanto de fã cego que baba ovo pra qualquer coisinha que seu ídolo faça. Discernimento!

E me desculpa, mas "de nível "normal" de cultura" foi de doer.

Esse post é de 2010. Mais um pouco e eu me ponho a falar das propagandas enganosas que senhora Torres tem topado a troco de uns caraminguás.

Não há problema algum em ser uma atriz adorada pelo povão, mas aí a usar isso para fins estranhos são outros quinhentos.

Related Posts with Thumbnails