quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Pausa para nossos comerciais

Duas belas sugestões para o verão de 51 – Casa Pedro

O milenar fascínio feminino por sapatos! Não que homem também não curta, mas nada se compara a esta esquisitice feminina.

Foi bem doido quando andei com minha mãe, uma ávida colecionadora de calçados, pro uma rua cheia de lojinhas na cidade dela. Parecia que eu estava ao lado de uma celebridade.

Todas as vendedoras (comissionadas, lógico!) iam até a porta cumprimentá-la. Loja por loja sem exceção.

Minha mãe retribuía, sabendo o nome de cada uma daquelas moças uniformizadas e sorridentes. Tem como não amar esse universo?

O mais engraçado foi quando ela me puxou pra dentro de um destes estabelecimentos me oferecendo par de sapatos novos. Com a simplicidade de quem oferece um cafezinho.

[Ouvindo: Dying to be with you - Eric Allaman]

17 comentários:

Refer disse...

* Interesses da mulher CASADA em ordem de importância para ela:
1) O Filho 2) A Casa 3) Sapatos 4) Bolsas 5) Roupas 6) Cosméticos 7) O Carro 8) Cachorro ou Gato da Casa 9) A Melhor Amiga 10) Os Cartões de Crédito e Talões de Cheques do Marido 11) O Marido (se não tiver Papagaio ou outro pet em casa)

* Interesses da mulher SOLTEIRA em ordem de importância para ela:
1) Sapatos 2) Bolsas 3) Roupas 3) Cosméticos 4) O Carro 5) Os Cartões de Crédito e Talões de Cheques do Pai 6) A Melhor Amiga 7) O Namorado (se ela não tiver Cachorro nem Gato)

Talita disse...

Adorei os modelos.
Usaria hoje em dia tranqüilamente.

Comentário do Refer: sou casada e discordo desta ordem de importância, na vida vida não é assim não.

1) Saúde, 2)Familia, 3)religião (caridade = satisfação em viver a vida) e 4) trabalho.
Sem demagogia.

Abraços

Leticia disse...

Concordo com a Talita quanto aos sapatos: elegantes hoje, em que tudo vale, todas as épocas estão misturadas.

Quanto à minha ordem de importância: 1) Trabalho; 2) Trabalho; 3) Trabalho; 4) O que fazer quando não há trabalho.

Miguel Andrade disse...

Refer, tem sentido! Minha mãe é viúva. Se encaixa na segunda categoria.

Talita, o das bolinhas tem jeito de ser espalhafatosos!

Letícia, ai que moça trabalhadeira!

Pri[s] disse...

Um dia esbarrei num menino no shopping porque fui andando mas continuei olhando a vitrine de uma loja de sapatos lindo$. Super cena de filme comédia pastelão! xD

Não sei explicar a adoração feminina por sapatos! Não conheço UMA mulher/menina que não seja apaixonada. Os graus da paixão variam, claro.

Sua mãe parece pertencer à categoria Nível 5, quando as vendedoras já conhecem pelo nome! Um dia eu chego lá! \o/

Miguel Andrade disse...

Pri[s], pensei que você fosse terminar a história falando que acabou namorando o menino! :D

E eu não dou a mínima peteca pra sapatos!

Glauco disse...

Realmente esses sapatos são super usáveis hoje em dia, não por mim, claro. Minha mãe tem duas obsessões, sapatos e cabelo. Estando com o cabelo em, após um dia em um salão e com sapatos novos, ele poderia receber os amigos somente de avental, tadinha. Acho que essa loja não existe mais, não lembro de nenhuma sapataria de nome Casa Pedro na Uruguaiana, aliás, ali pertinho, no Saara, tem as Casas Pedro, rede especializada em todo tipo de especiarias e vende a segunda melhor esfiha do Rio.

Miguel Andrade disse...

Glauro, esfiha não combina com o Rio!

Acho que o de bolinhas só parece que é usável porque a imagem é preto e branco. Imagina essas bolinhas de verniz vermelhas?

E óbvio que quem os usou estava com uma saiona bem rodada de bolinhas também! :D

Glauco disse...

Miguel, por que não combina?!?!

Miguel Andrade disse...

Glauco, sei lá! Rio combina com feijoada, caipirinha, geleia de mocotó Embasa, aqueles lances lá da Colombo, comida baiana...

Pizza, esfihas, sushi...Nunca me imaginaria comendo isso aí!

Se bem que não vou ao Rio há décadas!

Glauco disse...

Entendi seu ponto de "vista turístico". Mas levamos uma vida normal e comemos de tudo por aqui, comida japonesa então (argh) é um must entre os "antenados". Ah, também usamos roupas diferentes de camisa listrada e chapéu panamá, hehe.

Miguel Andrade disse...

Glauco, ah vá! Eu sei disso, só achei engraçado ler que o Rio tem esfihas melhores e piores... Sei lá!

Mmmm, mas o feijão que vocês comem é bem diferente do daqui!

Refer disse...

Lembrei: havia uma loja de calçados sob medida perto da casa de mãe, na Av. Casa Verde, chamada Sapataria Maria Bethania.

Juro por Deus como é verdade. Eu fiz sapato lá!

* *

Pra mim, o Rio combina com o Angu do Gomes.

:D

Refer disse...

ahnn.. 'perto da casa de MINHA mãe'

e, aproveitando, o Rio também combina com a Gordura de Côco Carioca (atenção ao circunflexo)

Miguel Andrade disse...

Refer, Sapataria Maria Bethânia!!! Hhahahaha

Glauco disse...

Refer, no mínimo essa devia ser a melhor sapataria do bairro, hahaha!

Gente, o Rio combina com todos esses pratos, angu do Gomes, feijoada e etc.

E também, com todo tipo de variedade de pratos feitos de bacalhau, hummmm, adoro! Bolinhos de bacalhau, bacalhau à Gomes Sá, à Provençal, Zé do Pipo...

Miguel Andrade disse...

Glauco, verdade! E com suco de caju...

E com tudo o que é super colorido!

Related Posts with Thumbnails