quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Negócio arriscado

O Golden Age Comic Book postou uma série de capas de livros de Raymond Chandler. Todas transpirando a volúpia e aquela dramaticidade retrô que a gente tanto ama!

Muita moça suspeitinha e aqueles tipos mal encarados que só Philip Marlowe encararia. Oportunamente fabulosa essa capa de Playback, que seria a última obra do personagem acabada pelo autor.

Viu, mas a que mais me encafifou foi essa aí ao lado, de “Farewell My Lovely”. Com a mais inusitada arma já vista no sombrio mundo dos detetives particulares.

Aquele trem de bater claras em neve! Seguindo a dedução policial, crime com utensílios de cozinha tem grandes chances de ter sido cometido por uma mulher.

Mas a mão que aparece o empunhando é masculina! Nem acho que um soco inglês ali faria sentido pela época, mas um bom e simples sopapo teria bem mais efeito do que um batedor de claras em neve.

Seria capaz de ler esse livro só pra desvendar o mistério. Enfim, uma das capas mais eficazes que já vi!

[Ouvindo: Count Five or Six – Cornelius]

6 comentários:

R.Scholl disse...

Perder Dolce Pepper dos Favoritos é como perder o lobo frontal ?

É todo meu universo estético - imagético condensado por outra pessoa ?

Dúvidas pós-étilicas.

Miguel Andrade disse...

R. Scholl, hehe!! você estava sumidinho mesmo! Foi isso que aconteceu?

Refer disse...

I beg your pardon.

"He smashed de bed-spring against his cheek" significa "Ele despedaçou a mola de cama na cara do outro"

É coisa de detetive durão. Não tem "trem de bater ovos" na jogada, a não ser que ele usasse a mola contra o baixo ventre do adversário (se é que vc me entende!)

Antigamente, os colchões eram de palha ou algodão, e as camas tinham molas (get the picture?). Sei que não é do seu tempo e não precisa me jogar isso na cara.

BTW assisti a 'Farewell My Lovely' com Robert Mitchum, também li o romance, mas não me lembro dessa passagem, da mola de cama na cara de alguém...

Igres Leandro disse...

Essas capas são demais.

Leticia disse...

Seja um batedor de claras ou uma mola de colchão, curioso deve ser o caminho que a história tomou até que se chegasse a esse ponto.

Fiquei curiosa...

Miguel Andrade disse...

Refer, em espiral cônico? Tá errado isso aí!

Devem ter colocado a frase pra explicar a ilustração.

Igres,são mesmo!

Letícia, na wiki mesmo em português diz que esse livro tem um dos interrogatórios mais famosos.

Enfim, capa muito legal!

Related Posts with Thumbnails